Ponto de coleta para testagem rápida do novo coronavírus é instalado em escola de Juazeiro

0
Foto: Divulgação

A Vigilância em Saúde de Juazeiro (BA) está implantando um ponto de coleta na Escola Municipal Judite Leal Costa, bairro Maria Gorete, com teste rápido para pacientes que estejam há pelo menos 10 dias com sinais ou sintomas gripais, notificados nos postos de saúde da cidade ou pelo Call Center, através do WhatsApp (74)  9 9819-3089.  O local irá funcionar de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

“Esta é mais uma medida adota pela gestão municipal para prevenirmos a nossa população. Como o Ministério da Saúde está classificando qualquer síndrome gripal como caso suspeito do novo coronavírus, as nossas equipes estão atentas a estas necessidades e notificando os casos. Lembramos mais uma vez que para uma efetividade no resultado do teste rápido, o paciente precisa estar no 10º dia de sintoma gripal para fazer o teste”, explicou a superintendente de Vigilância em Saúde, Tatiane Malta. 

As notificações dos casos suspeitos em Juazeiro podem ser feitos nos postos de saúde, quando o paciente apresenta um quadro leve de gripe, febre, tosse, coriza ou outro sintoma gripal. Em casos onde ocorra a falta de ar, ele deve ser direcionado imediatamente a uma rede especializada para o atendimento e notificação pela própria unidade de atendimento, seja na UPA ou Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), referência na cidade. 

O órgão municipal ressalta ainda que só pacientes notificados serão testados no posto de coleta. “Pontuo ainda que também vamos fazer notificações através do Call Center, ou seja, as pessoas que apresentem algum sinal ou sintoma gripal devem comunicar em nossa rede de assistência online, através do WhatsApp, que também funciona de segunda a sexta-feira em horário comercial e dias úteis, para relatar os sinais. A partir do décimo dia do primeiro sintoma, entramos em contato com o paciente para fazer a coleta. Reforço mais uma vez que o isolamento social é a medida mais eficaz para combatermos a propagação desse vírus, e é importante que as pessoas permaneçam em suas casas, reforcem a higienização das mãos e, se precisar sair, usem máscara”, destacou a superintendente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome