Polícia prende suspeito de assassinar jovem promessa do Cancão de Fogo

por Carlos Britto // 04 de novembro de 2022 às 18:35

Foto: Desportiva Juazeirense/divulgação

Quatro dias após a trágica morte do jovem Felipe Rocha de Sá Nunes, de 19 anos (foto), uma equipe da Delegacia de Homicídios de Juazeiro (BA) cumpriu mandado de prisão preventiva expedido contra outro jovem, de 18 anos. Ele é suspeito de ter efetuado o disparo de arma de fogo que matou Felipe, o qual era jogador do Sub-20 do time da Desportiva Juazeirense.

O crime ocorreu na madrugada do dia 31/10, na Avenida Adolfo Viana, durante uma comemoração acerca do resultado das eleições no segundo turno.

Durante as investigações, a Polícia Civil (PC) constatou que a vítima estava acompanhada de um amigo, quando se iniciou uma discussão com outros dois jovens. Um deles (o investigado), teria sacado um revólver e efetuado um disparo contra Felipe, que ainda chegou a ser socorrido ao Hospital Universitário (HU) de Petrolina (PE), mas não resistiu e veio a óbito.

O suspeito foi interrogado e confessou o crime, alegando ter agido em legítima defesa, uma vez que havia se envolvido numa discussão com a vítima e seu amigo, e que Felipe teria ido ao seu encontro com uma garrafa na mão para lhe agredir. Por este motivo ele sacou o revólver e efetuou o disparo. O investigado ainda afirmou que portava uma arma de fogo por ter sido ameaçado por traficantes de drogas. O comparsa que estava junto com o investigado já foi identificado e diligências serão efetuadas para sua localização. As informações são da DH de Juazeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.