Polícia investiga imagens de suspeitos de assaltar mulheres no Centro de Petrolina

4

O 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) está apurando imagens de câmeras de monitoramento que registraram, na última sexta-feira (17), por volta das 19h, um assalto a duas mulheres no Centro de Petrolina. O fato ocorreu na Rua São José, nas proximidades da Praça das Algarobas.

No vídeo (confiram acima), dois desconhecidos conduzindo uma Honda CG Titan, cor preta, com sinaleiras traseiras apagadas, cometem abordam à mão armada as vítimas. A cara de pau da dupla é tamanha que o condutor da moto está com capacete parcialmente fora da cabeça segundos antes do assalto.

4 COMENTÁRIOS

  1. Só queria saber de uma coisa, estas câmeras são em tempo real,e se for onde estava a pessoa de serviço que não passou um rádio de imediato para a viatura para tentar pegar estes bandidos.

    • Nada, essas câmeras dificilmente recebem acompanhamento em tempo real de alguém. Depende da empresa, do lugar. Negócio é devolver as armas ao povo mesmo, quando começar a aparecer vagabundo furado de bala em tudo o que for lugar, eles param com esses roubos. Polícia não serve para nada não, digo por experiência própria, já fui roubado 3 vezes, minha mulher 2, até hoje espero a polícia chegar como eles sempre dizem “vamos mandar uma viatura” e ela nunca aparece.

  2. Polícia é meu ov… nunca vão achar esses caras e os pertences das mulheres, no mínimo essa moto que os bandidos usaram é roubada também, placa clonada e afins, se essas mulheres estivessem com uma M1911 ou uma S&W 629 era esperar os vagabundos virarem as costas e mandar umas três balas na nuca e pronto, satanás que cuide das almas sebosas. O povo deveria dar uma banana para o estatuto do desarmamento e começar à andar armados, eles não vão tomar as armas de todo mundo, se começarem à tomar é só fazer revolução e acabou, os vagabundos estatais temem qualquer iniciativa de organização popular. É a segurança de vocês e de seus filhos que está em jogo, ficar depende desses vagabundos estatais para quê? Os números elevados da violência estão aí para mostra a “competência” do governo e seu braço armado, a polícia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome