Polícia Civil prende dois acusados de terem matado homem em Trindade por causa de R$ 116

1

Polícia TrindadeA Polícia Civil prendeu, esta semana, dois homens acusados de terem cometido um homicídio triplamente qualificado em Trindade (PE), no Sertão do Araripe. Adevaldo Rodrigues Silva, de 21 anos, e Danilo Herbert Santana Diniz, de 19, são acusados de matarem Indalécio Macário da Silva.

Os dois foram presos logo após o crime. Segundo a delegada seccional, Katyanna Muniz, os três bebiam em um bar quando Indalécio teria pago a conta e os dois acusados perceberam que ele tinha mais dinheiro.

Segundo informações da assessoria de comunicação da Diretoria Integrada do Interior 2 (DII 2), Adevaldo e Danilo levaram Indalécio até um matagal e desferiram três golpes de faca contra ele, sendo um no pescoço, outro no lado e o terceiro no peito. Não satisfeitos, os acusados ainda tentaram decepá-lo com uma faca peixeira, mas não conseguiram e arrastaram o corpo até o matagal na tentativa de ocultar o crime.

A quantia de R$ 116, que estava com a vítima, ainda chegou a ser dividida entre os dois. Os acusados foram localizados e presos em flagrante, sendo autuados por homicídio triplamente qualificado (motivo fútil, ocultação do cadáver e emboscada), o que veio a inviabilizar qualquer tentativa de defesa da vítima.

Danilo e Adevaldo confessaram a autoria do crime. Na residência de Adevaldo, os policiais ainda aprenderam as roupas utilizadas por ele no momento do assassinato. Os acusados foram encaminhados à cadeia de Trindade, onde permanecem à disposição da Justiça.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome