Polícia Civil prende casal por tortura a criança de 4 anos em Serra Talhada; menor estava acorrentado

1
(Foto: Ilustração)

Uma criança de 4 anos vinha sendo torturada pelo próprio pai e a madrasta no Bairro Mutirão, em Serra Talhada (PE), Sertão do Pajeú, e vivia acorrentada. A revelação veio a público nesta terça-feira (22), quando uma operação montada pela Polícia Civil (PC) conseguiu flagrar os maus tratos e colocar um fim na situação. O crime é inafiançável.

O delegado da 177ª circunscrição, Cley Anderson de Queiroz Rodrigues, responsável pela coordenação da operação, detalhou que a criança foi encontrada presa com correntes de ferro e cadeado na posição de pé. “Recebemos informações através do Disque-Denúncia. Na nossa chegada, a criança aparentava estar debilitada com várias marcas pelo corpo, ao passo que imediatamente após sua libertação foi encaminhada ao Hospital local para atendimento médico”, revelou.

Ainda conforme o delegado, a prática do casal era rotineira. “No local foi possível constatar que a prática era rotineira por parte do pai e da madrasta da vítima, muitas vezes acorrentando e outras vezes agredindo gravemente a vítima, de tão pouca idade. Foi dada voz de prisão em flagrante ao casal pelo crime de tortura”, declarou.

Outros suspeitos

Quando a polícia chegou ao local, dois amigos do casal também estavam presentes e não explicaram o motivo pelo qual não se insurgiram contra o fato. “Eles também foram presos em flagrantes acusados por tortura, nesse caso a chamada tortura imprópria ou tortura-omissão”, assegurou Clay Anderson Rodrigues. Após os procedimentos na delegacia, os envolvidos serão apresentadas no Plantão Judiciário de Serra Talhada para serem ouvidos em audiência de custódia.

Conselho Tutelar

Além da polícia, o Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar o caso. O conselheiro Antônio Alves detalhou que, nesta condição, na qual o casal que tem a guarda da criança pode ser preso, o órgão tentará descobrir e acionar outros parentes da menor que possam cuidar dela. Caso não seja possível, a criança deverá seguir para o internamento em uma instituição acolhedora em Serra Talhada. (Fonte: Farol de Notícias)

1 COMENTÁRIO

  1. São todos monstros. O casal principalmente, mas se eu presenciasse eu denunciaria, poderia ser minha mãe. São covardes e não tem nenhuma justificativa essa tortura. Que a lei e as autoridades pesem, firmemente, a mão da justiça sobre esses monstros. Por mim era pra serem mortos, mas como pena de morte ainda não existe….

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome