Polêmico reajuste na cota de combustível da Câmara de Petrolina gera campanha #DevolveVereador

por Denise Saturnino // 01 de julho de 2021 às 15:30

Imagem: Blog Carlos Britto

Após alguns dias de repercussão negativa em Petrolina em relação à aprovação do Projeto de Lei 120/21, do Poder Legislativo, o assunto continua reverberando na cidade. A Lei aprovada na reunião plenária do último dia 20 de junho estabelece um aumento de R$ 1 mil na cota do combustível dos veículos vinculados aos gabinetes dos vereadores, passando de R$ 2 mil para R$ 3 mil.

O assunto rendeu críticas e reprovação de toda população petrolinense, principalmente por meio das redes sociais. Enquanto isso, alguns parlamentares, como a vereadora Samara da Visão (PSD) e o professor Gilmar Santos (PT), foram a público reforçar que se colocaram contra o PL.

Samara disse à Rádio Jornal Petrolina que votou contra o projeto e que se posicionaria pedindo a revisão da ata na reunião seguinte, uma vez que constava seu voto favorável no relatório da Casa. Mas, durante a sessão de terça-feira (29/06), a vereadora não tocou no assunto e ata foi aprovada com a redação original.

Já Gilmar Santos, que se absteve da votação em plenário, está propondo em suas redes sociais uma petição pública para que a lei seja revogada. Ele sugeriu, no dia da votação, que o projeto fosse retirado de pauta, por meio de ofício protocolado junto à Mesa Diretora, mas a sugestão foi negada.

Alguns vereadores tentaram justificar o voto favorável, alegando aumento no valor do combustível e a necessidade de locomoção pela cidade para resolver assuntos da população. Mas, o aumento da cota de combustível continua rendendo críticas dos petrolinenses.

Campanha

Por isso o Blog decidiu lançar a campanha #DevolveVereador, para que cada parlamentar que for contra a proposta decida abrir mão do aumento de forma pública, e a população tome conhecimento. O Blog irá publicar o posicionamento e nome de cada parlamentar que se colocar sobre a campanha.

https://www.instagram.com/p/CQykcf2HHWz/?utm_source=ig_web_copy_link

Polêmico reajuste na cota de combustível da Câmara de Petrolina gera campanha #DevolveVereador

  1. Ajuda disse:

    Já que os vereadores querem ajudar a população deveria era doar seus salários ás instituições de caridade da cidade, é salário de 15mil, é cota de combustível de 3mil, auxílios, verbas e verbas, ao todo seria perto de 1 milhão de reais todo mês, mas o que se ver na prática é uma ânsia pelo dinheiro público.

  2. Mislene Correia disse:

    Todo trabalhador sobrevive do salário que recebe, sem essas regalias. Com o vereador não deveria ser diferente, até porque o salário é exorbitante. E muitos exercem outras funções paralelas. Portanto, nada justifica esse absurdo . Tá na hora de acabar com tantas regalias. Só pensam neles e o povo que se lasque. Pois a chegou a hora da onça beber água seus camaradas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *