Polêmica: Secretaria alega que Celpe apresentou apenas carta de anuência para construir subestação na Vila Mocó

0

Continua a polêmica acerca de uma subestação da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) que está sendo construída na Vila Mocó, área central de Petrolina. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS) voltou a rebater a empresa, informando que a Celpe não possui licença de construção nem ambiental para realizar a obra.

A única documentação apresentada é uma carta de anuência, documento que serve única e exclusivamente para consultar o município sobre a possibilidade de execução da obra”, alegou a Pasta.

Diante da falta de licenciamento, a SEDURBS – juntamente com a Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) –, seguindo orientação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), embargou a construção da subestação. A reportagem do Blog entrou em contato novamente com a Celpe, e aguarda retorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

20 − oito =