PM de Juazeiro é morto por engano durante ação da Polícia Civil em Petrolina

por Carlos Britto // 14 de setembro de 2021 às 06:56

Foto: WhatsApp/reprodução

Um fato trágico chocou a comunidade do Jardim São Paulo, em Petrolina, no dia de ontem (13). O policial Joanilson da Silva Amorim, de 32 anos, lotado na 75ª Companhia Independente (CIPM) de Juazeiro (BA), acabou sendo morto por engano durante uma ação da Polícia Civil no bairro.

Informações de populares dão conta de que Joanilson teria sido confundido por um ladrão em fuga, que havia entrando na residência de um morador no Jardim São Paulo. A vítima teria sido avisada e, por ser policial, provavelmente saiu de casa com a sua arma. Nesse momento Joanilson foi alvejado por policiais civis.

Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital Universitário (HU), mas não resistiu.

PM de Juazeiro é morto por engano durante ação da Polícia Civil em Petrolina

  1. Paulo disse:

    Meu.Deus que tristeza realmente uma fatalidade

  2. Marcos disse:

    Lamentável, infelizmente a polícia sendo vítima da polícia, que sonha em executar, e não em proteger a vida, mas o que dizer de uma polícia que não na sua grande maioria idolatra um ser nefasto como Bolsonaro, estamos perdidos.

  3. Cícero disse:

    Nenhuma novidade, são policias completamente despreparadas.

  4. Kleber disse:

    Isto NUNCA foi fatalidade, a palavra correta é DESPREPARO, o retrato das nossas polícias.

  5. Snoop disse:

    Vamos torcer para que a apuração seja isenta.

  6. Luiz disse:

    Mano, despreparo total. Só imagino isso. Eles já deveriam ter um visual de como era o criminoso, e devem ter atirado de relance só porque o outro policial saiu da casa. Pqp morrer por nada assim é triste.

  7. Evaldo disse:

    O que bolsonaro tem haver com isso, Marcos ? ate isso querem botar culpa no presidente, meu Deus, quanta alienação sua.

  8. Ade disse:

    Marcos, a culpa de tu nascer retardado, acefalo e defensor de bandidos deve ser tambem do Bolsonaro.

  9. Pé no Saco disse:

    Sempre tem um retardado que coloca culpa em Bolsonaro,este daí deve ser um daqueles que senta em uma macaxeira e bota o picolé até a garganta.

  10. CARLOS disse:

    como tem gente pra julgar… so sabe o que houve é quem estava presente se existiu isso mesmo da vizinha chamar ele ela é peça chave pra isso, pois infelizmente a policia civil esta em uma ocorrencia atras de um bandido e se for verdade que a pc se deparou com uma pessoa armada na rua realmente nao teve jeito nao ter atirado… agora se ele nao estava com arma em punho e a policia atirou ja muda a historia…. é o que penso…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *