Placa indicando divisa entre Petrolina e Juazeiro é instalada em local errado e caso vira polêmica; DNIT reconhece “equívoco”

16
Placa indicando divisa entre as duas cidades foi colocada em local errado. (Foto: Reprodução WhatsApp)

Por causa de um erro do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), uma polêmica se instalou nas cidades de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). O motivo parece ser bobo, mas ganhou repercussão nas redes sociais depois que surgiram imagens da placa de demarcação entre as duas cidades instalada em local diferente.

O problema é que a placa foi instalada na subida da rampa da Ponte Presidente Dutra, em Juazeiro. Ou seja, Petrolina estaria “roubando” parte do território juazeirense.

Após a repercussão, o prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, pediu esclarecimentos ao DNIT e foi informado que a mudança ocorreu por um “equívoco cometido pelo setor pernambucano do órgão federal“. Contudo, a superintendência do DNIT na Bahia assegurou que o erro será corrigido ainda nesta quinta-feira (19).

16 COMENTÁRIOS

  1. Pelo que tenho conhecimento é que a DIVISA é exatamente no CÁIS de Juazeiro, isto é, terminou a Ponte, alí é a DIVISA. Isso é desde o tempo do Império, que por questões de desobediência de Pernambuco ao Império, as terras correspondentes aos Municípios de Casa Nova, Remanso, Pilão Arcado, Pau a Pique, Campo Alegre de Lourdes passaram a ser do Estado da Bahia e a Divisa de Pernambuco e Bahia, ficaria sendo na margem Direita do Rio São Francisco, de quem fica de costas para a nascente. Logo, o Município de Petrolina se limita até a outra margem do Rio, isto é, todas as ilhas pertencem ao Município de Petrolina.

  2. Quanta bobagem. Por isso minha cidade não evolui, fica brigando por questões minúsculas. Deveria ir atrás da duplicação do restante da ponte. Tenho certeza que se colocassem a placa do lado de Petrolina ninguém de lá ia perder tempo com essa coisa sem importância. O nosso prefeito deveria se preocupar mesmo era com a muriçoca, com a saúde, segurança, educação, com o lixo e com essa palha queimada da Agrovale. E quanto ao rio, todos sabemos que ele é federal e por isso que não existe “a parte de Juazeiro e a parte de Petrolina”.

  3. MEUS AMIGOS PERNAMBUCANOS E BANIANOS, Pernambuco ao longo do Processo de Colonização nunca roubou ou invadiu qualquer território de estado vizinho.. Ao contrário pernambuco m teve as Capitanias da Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará,incorporadas ao seu território desde o início da Colonização Portuguesa. O RIO SÃO FRANCISCO quando Duarte Coelho recebeu 60 léguas de terras na Costa do Brasil em 10 de março de 1534, recebeu o Rio São Francisco com todas as Ilhas e o direito de passagem. Com a criação da Capitania de Minas Gerais em 1720,pernambuco foi recuado para o Rio Carinhanhana, pernambuco fico fazendo divisa com minas Gerais pelo talvegue do Tio Carinhanhana, a pedido do Governador Geral Visconde Assumar, que era Govrernador da Bahia e do Brasil. e, 1817 desmembraram, a Comarca de Alagoas do Sul .atua lEstad0 ode ALAGOAS E A COMARCA DO RIO Grande do Norte em represália ao movimento politico. em 1824 desmembraram a Comarca do São Francisco em represália a REVOLUÇÃO DO EQUADOR. Do que sobrou de Pau da História até a barra do Moxotó a jurisdição de Pernambuco é de margem a margem. Diniz Cvalcanti prefeito de petrolina-PE, foi quem chamou arnaldo ex-prefeirto de juazeiro para dividir a despesa da iluninação da Ponte e combinaram para botar a PLACA NO MEIO DA PONTE para saber até onde ía a despesa de cada um.

  4. Quanto a palha da Agrovale é realmente muito nociva à saúde principalmente de crianças e idosos, provocando muitos problemas respiratórios, inclusive morte, mas creio que já há proibição da queima da cana por decisão judicial, mas êles não cumprem, e mais, esse negócio de Secretaria de Meio Ambiente das Prefeituras só servem para dificultar quem quer construir uma casa residencial e ou comercial, taí o exemplo da queima da cana, você quer maior dano ao meio ambiente do que essa queima provoca? e na vista de todos, e simplesmente esses órgãos de meio ambiente tanto Municipal quanto Estadual não fazem nada, então vamos queimar a cana, vamos contaminar o ar, vamos destruir a camada de ozônio.

  5. Que povo idiota, brigando por uma coisa tão besta e porisso aí o mundo a violência ta tomando conta de tudo o povo de dois Estados brigando por um pedaço de ponte, vão falar no nome de Deus vcs ganham mais

  6. Grande aula de história, gostei. Mas tambem queremos concordar que a palha da queima da cana pela Agrovale é bastante prejudicial, tanto faz mal as pessoas que adoecem com problemas respiratórios, como também causa um tremendo de um mau ao meio ambiente, atacando a camada de ozônio, mas cadê os ógãos Ambientais das Prefeituras de Petrolina e Juazeiro? não fazem nada? só servem para multar os pequenos e dificultar a construção de casas residenciais e comerciais?

  7. Eu só sei que o DENIT comete cada erro grave.
    Um exemplo é a placa que colocaram próximo ao posto de gasolina depois do “burrinho” dezendo que de lá até o outro posto depois de Pedro baiano tem mais de 40km?! Num tem bem 20km .

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome