Pipeiros sertanejos protestam em frente ao 72º BIMtz por pagamento dos serviços prestados em operação

2
Foto: arquivo Blog do Carlos Britto

Um problema recorrente levou pipeiros de algumas cidades do Sertão do Araripe pernambucano e do Sertão baiano a realizar uma mobilização na manhã desta quarta-feira (17), em frente ao 72º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz), localizado em Petrolina. Eles cobram da instituição – um dos braços do Exército Brasileiro – a quitação de pendências pelos serviços prestados na Operação Pipa.

Revoltados, os profissionais pediram inclusive o apoio de lideranças políticas a exemplo do senador Fernando Bezerra Coelho, para intermediar nessa questão. Os pipeiros desejavam conversar com algum representante do  72º BIMtz, mas encontraram a sede de portas fechadas.

2 COMENTÁRIOS

  1. Passei em frente ao protesto e o que vi foi um grupo de politicos usando esta classe para tirar algum proveito, inclusive alguns falaram que se o prisidente Lula estivesse no governo isso não estaria assim.
    O Exercito é muito sério e sabemos que a culpa é o atraso no recurso que sabe acontece em todo lugar.
    Esses politivos usam esses trabalhadores ai para ganhar algum tipo de respaldo na sociedade, massa de manobra, infezlimente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

4 × três =