PF faz buscas na prefeitura do Recife em investigação sobre compra de respiradores sem licitação

0

A Polícia Federal cumpre, nesta quinta-feira (28), mandados de busca e apreensão dentro de uma operação que investiga a compra de respiradores pela prefeitura do Recife em caráter emergencial, através da Secretaria de Saúde. Um dos locais em que foram cumpridos mandados foi a sede da prefeitura.

Esta foi a segunda fase da Operação Apneia, deflagrada em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) e Controladoria Geral da União (CGU). Na sexta-feira (22), a PF já havia solicitado que a prefeitura apresentasse documentos sobre a dispensa de licitação para a compra de máscaras cirúrgicas, toucas, aventais descartáveis e camas hospitalares para as ações contra o novo coronavírus. Segundo a corporação, a administração municipal assinou contratos, de mais de R$ 15 milhões, com a empresa Delta Med.

A PF informou, na sexta, que estava atuando no caso por causa de uso de dinheiro do Sistema Único de Saúde (SUS) na aquisição dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Uma equipe da corporação esteve na sede da prefeitura, no Cais do Apolo, no Centro, para entregar o ofício com a solicitação.

Pernambuco registrou mais 1.065 pacientes com a covid-19 chegando a 29.919 confirmações na quarta-feira (27). Com mais 140 óbitos, o total de mortes no estado relacionados à doença foi para 2.468 pessoas. Esse foi o maior número de mortes em 24 horas desde o começo da pandemia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome