PF deflagra operação “Pura Maldade” para coibir pornografia infantil

por Carlos Britto // 17 de novembro de 2022 às 15:30

Foto: Reprodução

A Polícia Federal em Juazeiro (BA) deflagrou na manhã desta quinta-feira (17) a Operação “Pura Maldade”, visando a coibir a prática de comercialização de material pornográfico infanto-juvenil. Durante a investigação policial, a partir de técnicas cibernéticas especializadas, um suspeito foi identificado como responsável pela venda de materiais ilícitos em grupos de redes sociais de conversas.

Ele responderá pelos crimes de armazenamento e de comercialização de material pornográfico infanto-juvenil, previstos respectivamente nos artigos 241-B e 241, ambos do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA). Se condenado, as penas somadas podem alcançar 12 anos de reclusão.

O mandado de busca domiciliar e apreensão de material pornográfico infantil foi expedido pela Justiça Federal em Alagoinhas (BA). A PF diz que continuará a apuração, na tentativa de elucidar a real amplitude das ações criminosas, bem como identificar outros integrantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.