PF apreende no Rio Grande do Norte 1,2 tonelada de cocaína em meio a frutas que teriam saído de Petrolina; carga iria para Europa

por Carlos Britto // 12 de fevereiro de 2019 às 12:22

PF apreendeu 1.275 quilos de cocaína no Porto de Natal. (Foto: Polícia Federal/Divulgação)

A Polícia Federal (PF) realizou na madrugada desta terça-feira (12) a maior apreensão de drogas da história do Porto de Natal, no Rio Grande do Norte. Cerca de 1.275 quilos de cocaína foram encontrados em meio a frutas no interior de um contêiner que seguiria para os Países Baixos (Holanda).

Na ação, a PF contou com apoio logístico da Receita Federal (RF). Ninguém foi preso. O embarque da carga para a Europa, contendo 998 tabletes da droga, seria feito na manhã de hoje. Segundo informações, as frutas teriam saído de Petrolina (PE).

A descoberta se deu em decorrência de uma análise de situações suspeitas no Porto de Natal, onde a fiscalização pela PF vem sendo intensificada nos últimos meses. As investigações terão prosseguimento visando identificar os donos da carga ilícita.

Entre as ações da PF no Rio Grande do Norte previstas para o ano de 2019, com a finalidade de prevenir crimes, serão feitas reuniões da Cesportos, presididas pela instituição, para implementação de medidas de segurança no Porto de Natal. Somando-se ao total de droga de 2018, a PF já apreendeu até hoje um total 2.948 quilos de cocaína na Grande Natal. (Com informações do G1 e Jornal Agora RN)

PF apreende no Rio Grande do Norte 1,2 tonelada de cocaína em meio a frutas que teriam saído de Petrolina; carga iria para Europa

  1. Sempre Atento disse:

    Imagina há quanto tempo não acontece isto na região.

  2. Arthur de Souza disse:

    De quem foi a manga que agente nao ver o produtor
    Fica na dúvida se é frake

  3. Muda Brasil disse:

    É só investigar de quem é a manga… E aí vai se descobrir como a droga foi colocada no meio.. Minha tia trabalha há anos embalando manga pra exportação. As caixas já saem prontas da roça!

  4. Costa disse:

    Contêineres já saem da fazenda/empresa com lacre nas portas, só abrem no destino final ou em caso de fiscalização no porto, portanto,…

  5. vergonha disse:

    Agrovale?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *