Petrolinense lança abaixo-assinado contra aumento do fundo eleitoral

0

Diante da possibilidade do Congresso Nacional aumentar para as eleições de 2020 o fundo partidário, cujas campanhas receberiam quase R$ 4 bilhões em todo o país caso seja aprovado, o pesquisador petrolinense Alan da Silveira lançou há alguns dias um abaixo-assinado. A intenção é levantar apoio contra o que considera “um absurdo”.

Como exemplo Alan lembra que legendas como PT e PSL terão uma verba de mais de R$5 00 milhões para as suas companhas políticas. “Da esquerda à direita, partidos brasileiros se juntam para aprovar um aumento no fundo eleitoral para R$ 3,7 bilhões”, critica.

Em 2018, o fundo eleitoral distribuiu quase R$ 2 bilhões para as campanhas políticas. O PSL, PT, MDB e PSDB seriam os partidos que mais receberiam. “Todos debatem picuinhas políticas, mas jamais pensam na população quando o fato é privilégio. Com esse novo dinheiro, daria para bancar 340 mil crianças em escolas por um ano”, ressalta Alan.

Não faz o menor sentido usar dinheiro público para campanhas políticas, isso é um absurdo e é ultrajante. Temos milhões de desempregados e a classe política se preocupa em aumentar dinheiro para as suas campanhas”, desabafa.

Quem se interessar pela causa de Alan, pode acessar o link do abaixo assinado.

Verba

Os partidos vão receber a seguinte verba, caso a proposta passe:

PSL: R$ 479 milhões

PT: R$ 463 milhões

MDB: R$ 329 milhões

PSDB: R$ 297 milhões

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome