Petrolina ultrapassa 12 mil casos positivos do novo coronavírus e tem mais 5 óbitos

4
Foto: Ascom PMP/SMS divulgação

Petrolina bateu a triste marca de 12.012 casos positivos do novo coronavírus (Covid-19). No boletim epidemiológico desta terça-feira (29) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) foram mais 115 infectados e cinco óbitos por complicações da doença. Em contrapartida, curas clínicas chegam a 9.660 (81,2%) desde o início da pandemia na cidade. Os óbitos somam, agora, 151.

O primeiro óbito registrado foi de um homem de 83 anos e aconteceu em um hospital particular de Petrolina, na última sexta-feira (25). A segunda morte, de outro idoso – de 71 anos – ocorreu em um hospital da rede privada da cidade no último dia 24. O terceiro também é de um idoso, de 65 anos, em um hospital da rede pública da cidade no último dia 22. A quarta morte é de uma idosa de 73 anos, em um hospital da rede privada.  A quinta morte, de outro idoso, de 77 anos, ocorreu em um hospital da rede privada. Todos possuíam histórico de outras doenças.

Dos novos infectados, 90 foram confirmados a partir de 368 testes rápidos da prefeitura e 25 de exames laboratoriais. São 62 pessoas do sexo feminino, com idades entre 2 e 80 anos, e 53 do sexo masculino, entre 1 e 81 anos.

As informações referentes à raça/cor/etnia seguem abaixo.

Leitos

A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI da rede é de 60,37%. Dos 53 leitos disponíveis, 32 estão ocupados, sendo 23 por pacientes de Petrolina e 9 por aqueles de outras cidades da região. Os dados completos podem ser acessados pelo link. Todas as informações sobre a pandemia na cidade também estão disponíveis no site da prefeitura.

4 COMENTÁRIOS

  1. Não entendo a diferença de casos entre as duas cidades…Petrolina com essa quantidade enorme de casos ativos e de mortes e Juazeiro muito inferior .O tratamento em Juazeiro é melhor????…duas cidades coladas… não consigo entender.

  2. Condolências as famílias de luto. Quando as autoridades farão algo para esse descalabro? Espírito de ano Natal e ano novo não é ostentação, festa e bebedeira. Somos cristãos ou bárbaros,? Hora da sociedade civil reagir. Fique em casa. Não aglomere. PROTEJA seus idosos e entes queridos. Entenda que a situação saiu de controle. Faça sua parte. Não espere pelas autoridades.

  3. Levou 7 meses pra chegarmos a 100 mortes ,de abril até final de outubro ,e apenas 2 meses pra 51 mortes . Crescimento é enorme de mortes , mostra que a pandemia está descontrolada em Petrolina , e as autoridades não fazem nada, acha que só abrir leito de UTI é suficiente , quem sabe se tivessem buscado diminuído o número de contaminados muitas dessas mortes não teriam sido evitadas . Hoje são 2.200 contaminados a cidade está empestiada

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome