Petrolina tem mais 76 casos positivos do novo coronavírus e número total chega a 1.240

5
Foto: Ascom PMP/divulgação

Essencial para o planejamento e execução de ações estratégicas em Petrolina na prevenção e combate ao novo coronavírus (Covid-19), os testes rápidos ajudam o município a ter números mais precisos sobre o cenário da pandemia. Só nesta terça-feira (7), mais 485 testes foram realizados, com a confirmação de 52 casos da doença. Destes, 20 pacientes são do sexo masculino, com idades entre 20 e 64 anos, e 32 do sexo feminino, entre 9 e 71 anos. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) ainda recebeu 24 resultados positivos de exames laboratoriais – 14 do sexo masculino, sendo um bebê de um mês, a pacientes de 80 anos, e 10 do sexo feminino, entre 32 e 90 anos.

Com esses 76 novos infectados, Petrolina chegou ao total de 1.240 casos confirmados da Covid-19; destes, 98 são detentos da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes. São 946 confirmações por testes rápidos da prefeitura e 294 casos diagnosticados através de exames laboratoriais. Petrolina contabilizou mais um óbito, chegando a 30 até o momento. O paciente tinha 64 anos e faleceu no Hospital Universitário (HU).

A SMS aguarda o resultado da análise do material biológico que foi coletado de uma mulher de 48 anos que faleceu no bairro Fernando Idalino, nesta terça-feira.

Internamentos

A prefeitura também divulgou a taxa de ocupação dos leitos para a Covid-19 nas redes pública e privada de Petrolina.

5 COMENTÁRIOS

  1. Rapaz o Senador FBC está desenformado sobre o caos aqui em Petrolina… A cada dia que passa aumenta os casos de infectados e o Sen. FBC diz que tudo está na normalidade.
    O Ministério Público se manifeste urgente… O Dinheiro destinado ao COVID-19 tem que ser gasto com a Saúde dos Petrolinenses.
    Essa metodologia do Sen.FBC tem que ser averiguado MP.

  2. Vejam que quase 1.000 pseudos infectados foram analisados através do chamado teste rápido, que não DETECTA A PRESENÇA DO COVID19 no organismo do paciente, só vestígios de anticorpos do Coronavírus. E esses 98 detentos que já se encontram em isolamento profundo, portanto não deveriam ser contaminados, foram testados com o PCR ou teste rápido? Para que ninguém me conteste, essa afirmação sobre a ineficácia do teste rápido, foi passada pelo presidente do HOSPITAL SÍRIO LIBANÊS de SP, que é um especialista, tenho também um documento em PDF que compara os dois teste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome