Petrolina pode ampliar o turismo

por Carlos Britto // 30 de janeiro de 2009 às 07:14

O vice-prefeito e secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Eventos, Domingos Sávio, participou na tarde de ontem de um encontro com o gerente geral do Prodetur Nacional de Pernambuco, Marcel Levi, para discutir de forma objetiva as ações prioritárias para investimentos na área turística de Petrolina. Estavam também os prefeitos de Santa Maria da Boa Vista, Lagoa Grande e empresários da rede hoteleira do Vale do São Francisco. Domingos relatou as dificuldades que o setor enfrenta. “Vários empecilhos existem, mas trabalhando juntos, os governos federal, estadual e municipal, será possível realizar muita coisa para favorecer a turismo na nossa região. O turismo do interior do estado é uma saída para amenizar a concentração dos investimentos em Pernambuco”, argumenta. Segundo ele, o município tem algumas propostas, entre elas, buscar parceria para os projetos de reurbanização e pavimentação da orla fluvial, modernização e ampliação do Centro de Convenções, incluindo a construção de um auditório com mil lugares e um teatro municipal e a reurbanização paisagística do bodódromo.

O Prodetur é um programa de crédito para o setor público (Estados e Municípios) que foi concebido tanto para criar condições favoráveis à expansão e melhoria da qualidade da atividade turística na região Nordeste, quanto para melhorar a qualidade de vida das populações residentes nas áreas beneficiadas. O calculo de investimentos para o estado pernambucano é de US$ 125 milhões em três pólos: Costa dos Arrecifes, Agreste e Sertão do São Francisco, onde foram contempladas as cidades de Petrolina, Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande. Mas Levi assegura que os investimentos serão feitos apenas aos municípios pedintes. “No mês de novembro do ano passado tivemos o primeiro encontro com representantes das cidades beneficiadas, hoje recolhemos informações, discutimos a matriz de ações de investimentos e no dia 11 de março estaremos reunidos no Centro de Convenções de Recife para incluirmos e ajustarmos as propostas”, disse.

E só depois de discutir o Plano de Desenvolvimento Integrado de Desenvolvimento Sustentável – PDITS e que deverá acontecer o último encontro programado para dia 31 de março, deste ano, em Recife.

Fonte: Ascom prefetiura de Petrolina/Foto: Joselito Menezes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.