Petrolina perde de 6 do Salgueiro

por Carlos Britto // 02 de abril de 2009 às 23:40

Três jogos completaram a oitava rodada do segundo turno do Campeonato Pernambucano, na noite desta quinta-feira.

Destaque para a goleada impiedosa aplicada pelo Salgueiro sobre o Petrolina: 6 a 2, com direito a quatro gols de Paulo Rangel.

Com o resultado, o Salgueiro chega a 13 pontos e está em quinto na tabela.

O Petrolina está em décimo, com cinco.

Com um placar bem mais modesto, o Porto bateu o Sete de Setembro, fora de casa, e é o quarto. O gol marcado por Joelson fez a equipe chegar a 15 pontos. O Sete é o oitavo, com seis.

O empate do dia ficou por conta de Central e Ypiranga: 1 a 1. O Central tem 13 pontos e caiu para o sexto lugar. Em 11º, o Ypiranga tem cinco.

Petrolina perde de 6 do Salgueiro

  1. antonio carlos souza disse:

    Espero que algumas pessoas não venhão dizer de novo que foi culpa do JUIZ

  2. Almadén disse:

    Não! Foi culpa do prefeito de Petrolina!

  3. Birica disse:

    Sem comentários…

    Ou melhor: Buááááááááááááá!!!

  4. VIVENDO E APRENDENDO disse:

    Gostaria de saber até quando os “supostos” dirigentes de nossas equipes profissionais, vão continuar agindo no futebol de nossa cidade, como se as equipes ainda fossem amadores. é de envergonhar ver o nome da cidade axincalhado em virtude dessa situação.

  5. Watergate disse:

    Tem que tomar é fumo mesmo!
    Odeio amadorismo!

  6. José Marques disse:

    A campanha decepcionante do Petrolina é um misto de culpa dos árbitros; falta de estrutura de uma forma geral; não existe apoio do poder público municipal, como acontece com as equipes que representam os demais municípios, etc.. Tudo isso se reflete num time que até conta com alguns bons valores, no entanto, um elenco limitadíssimo, fator este que também contribui para queda do time no segundo tempo, já que as reposições são sofríveis. É uma pena que uma cidade do porte de Petrolina, não consiga ter uma equipe que possa representar bem o nome da cidade como todos esperam. Tenho certeza que um time de Petrolina, que tivesse um mínimo de organização e fizesse boa campanha no estadual, traria uma empolgação maior ao público, e seria um sucesso em boas arrecadações ao longo do campeonato. O time do Salgueiro tem dado exemplos de boa organização, porque também existem diversos apoios no que se refere ao lado financeiro. Sugiro ao blog do Carlos Britto entrevista com o sr. Clebel, principal responsável pela formação do time do Salgueiro, sobre o funcionamento desta equipe e os projetos para o futuro. Parabéns pela cobertura e que as cobranças continuem em busca de melhores dias para o nosso futebol.

  7. Hércules Batista disse:

    Estava até pensando e GOZAR dos ARGENTINOS, mas o PETROLINA não deixa, fazer o q.. rs

  8. Opara disse:

    Quantos do Petrolina foram expulsos…

  9. antonio carlos souza disse:

    ALMADÉM desde de quando Dr Julio e dono do time do Petrolina, presidente ou coisa parecida se liga fio cortado, a culpa e dos dirigentes imcompetentes que ao contrario de entregar o time, prefere ver ele na segunda divisão, ai sim cai fora mas o importante e que depois que eles sairem alguem com competéncia assuma e organize o time de verdade, Petrolina tem condições de ter um time vencedor com destaque no futebol pernambucano, e pessoas tem para assumir o comando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *