Petrolina assume liderança de políticas sociais em Pernambuco, aponta Ministério da Cidadania

0
(Foto: Ascom PMP/Ilustrativa)

Petrolina assumiu a liderança de políticas sociais em Pernambuco, segundo aponta o Ministério da Cidadania, através do Indicador de Desenvolvimento do Centro de Referência da Assistência Social (ID CRAS). Os dados mostram que os Centros de Referência de Assistência Social de Petrolina atingiram a nota 4,1, ficando em primeiro lugar em Pernambuco e 6º na Região Nordeste.

Desde 2017 Petrolina já apresentava a nota 3,63 (melhor do que a pontuação de 2016).  Criado pelo Governo Federal para acompanhar o desenvolvimento das unidades do CRAS, o indicador resulta da combinação de três fatores: serviços e benefícios, recursos humanos e estrutura física. Para cada dimensão há uma nota de 1 a 5, cujas variáveis indicam o grau de cumprimento das normativas do Serviço Único de Assistência Social (SUAS) para aquela dimensão.

De acordo com o prefeito Miguel Coelho, o indicador que coloca Petrolina em primeiro lugar no estado é o reflexo do trabalho sério que vem sendo desenvolvido na área social. “A gente fica muito satisfeito quando recebe uma avaliação dessas, porque é a prova de que estamos no caminho certo, buscando melhorar os serviços e o acesso da população aos Cras. Nós vamos continuar  trabalhando para ofertar o melhor serviço às famílias em situação de vulnerabilidade ou risco social existentes no município”, pontua o gestor.

Cras

Os Centro de Referência de Assistência Social (CRASs) são  uma das principais unidades do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Nele a população, principalmente aquela em vulnerabilidade social, tem acesso a benefícios, programas e políticas públicas, além do registro no Cadastro Único.

As unidades oferecem ainda o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), iniciativa que engloba ações como atendimentos às famílias, visitas domiciliares, orientações e encaminhamento a outros serviços do governo federal.  Os Cras também possuem o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), onde os cidadãos podem participar de atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, de acordo com a faixa etária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome