Pesquisa eleitoral: disputa ao Senado em Pernambuco tem empate entre 8 pré-candidatos

por Carlos Britto // 10 de junho de 2022 às 14:40

Foto: Reprodução

A quatro meses das eleições 2022, a disputa pela vaga de senador da República pelo estado de Pernambuco está indefinida. Em uma pergunta estimulada, em que os nomes são apresentados previamente aos entrevistados,  nenhum postulante ao cargo consegue ter dois dígitos de intenção de voto. Há ainda 47% de pessoas que responderam que não sabem em quem vão votar, segundo os dados da pesquisa eleitoral EXAME/IDEIA divulgada na quinta-feira, 9.

Os pré-candidatos com maior número de intenção de voto são: André de Paula (PSD), com 8%, Teresa Leitão (PT), com 7%, e Gilson Machado (PL), também com 7%. A indefinição é tamanha que mesmo sem ser citadas, Marília Arraes (Solidariedade) e Raquel Lyra (PSDB) – que são pré-candidatas ao governo do estado – aparecem de forma espontânea (ambas com 2%) quando o eleitor diz que vai votar em um outro candidato que não foi apresentado e precisa indicar um nome.

Considerando a margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais para mais ou para menos, mesmo quem pontua 2% está tecnicamente empatado com quem marcou 7%. Ou seja, há oito nomes nesta situação de empate.

Para a pesquisa, foram ouvidas 1.000 pessoas do estado de Pernambuco entre os dias 3 e 8 de junho. As entrevistas foram feitas por telefone, com ligações tanto para fixos residenciais quanto para celulares. O registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tem o número PE-03117/2022. A EXAME/IDEIA é um projeto que une EXAME e o IDEIA, instituto de pesquisa especializado em opinião pública. Leia o relatório completo. (Fonte: Exame)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.