Pernambuco vai ganhar 11 Unidades de Pronto Atendimento

por Carlos Britto // 21 de dezembro de 2008 às 17:00

O estado de Pernambuco vai ganhar 11 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) UPAs em Pernambuco. Serão construídos quatro prédios no Recife, três em Jaboatão dos Guararapes, um em Paiulista, um em Igarassu, um em Caruaru e um em Petrolina.

As unidades vão funcionar 24 horas por dia, inclusive nos fins de semana, com objetivo de acabar com a superlotação de hospitais e reduzir as filas para atendimento. O anúncio foi feito hoje pelo Ministério da Saúde que, para isso, vai investir R$ 21,4 milhões. Em todo o país, serão investidos R$ 193 milhões na construção de 126 unidades.

A proposta das UPAs é prestar atendimento emergencial de baixa e média complexidade aos portadores de quadro clínico agudo e atender às diversas demandas da população, especialmente à noite e aos fins de semana, quando a rede básica e o Programa Saúde da Família não funcionam.

As unidades recebem a população e avaliam cada situação. Os pacientes podem ser tratados e liberados, permanecer em observação por até 48 horas ou ser removidos para um hospital, em casos de natureza cirúrgica ou trauma. Nestes casos, as UPAs fazem o primeiro atendimento, a estabilização e o diagnóstico que vai definir a necessidade de encaminhar o paciente para uma unidade hospitalar.

A implantação das novas UPAs vai privilegiar regiões metropolitanas com, no mínimo, 50 mil habitantes, locais onde existe uma Rede SAMU implantada, municípios onde o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é baixo e o atendimento hospitalar é precário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.