Pernambuco inscreve mais de 1,7 mil detentos no Enem 2021

por Carlos Britto // 01 de outubro de 2021 às 07:58

Foto: Seres/divulgação

A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, através da Executiva de Ressocialização (Seres), inscreveu 1.706 pessoas privadas de liberdade (PPLs) no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem PPL/2021). As provas serão aplicadas nos dias 11 e 12 de janeiro de 2022.

Participarão PPLs de 24 estabelecimentos penais do Estado. As três unidades com maior número de candidatos são o Presídio Juiz Antonio Luiz Lins de Barros (PJALLB), no Complexo do Curado (192), Presídio Rorinildo da Rocha Leão (PRRL), em Palmares (177) e o Presídio de Igarassu (PIG) com 148. “Trabalho e educação são os pilares da ressocialização. Esta é mais uma etapa importantíssima no processo de recuperação das pessoas privadas de liberdade“, destaca o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

De acordo com o Ministério da Educação, as provas do Enem PPL têm o mesmo nível de dificuldade do Enem regular. A única diferença é a aplicação, que acontece dentro de unidades prisionais indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional de cada unidade da Federação. No ano passado o número de inscritos totalizou 1.273.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *