Programa ‘Caatinga Sustentável’ do Governo de Pernambuco ganha reconhecimento internacional

0

desertificacaoOs projetos de zoneamento das áreas vulneráveis à desertificação e de implantação de Módulos de Manejo Sustentável da Agrobiodiversidade – que integram o Programa ‘Caatinga Sustentável’, do Governo de Pernambuco – ganharam o reconhecimento internacional. Lançada pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), os projetos são resultados da preocupação do Governo com esse tema. As ações têm como foco o controle da desertificação, uma vez que 90% do território pernambucano estão sujeitos ao processo de desertificação no semiárido.

Para o secretário de Meio Ambiente, Carlos Cavalcanti, a premiação ratifica o trabalho que o Governo do Estado vem fazendo e funciona como um estímulo para expandi-lo a outras áreas. Segundo o secretário, os prêmios vão ajudar na captação de recursos para outros projetos.

O Caatinga Sustentável prevê ações integradas de segurança hídrica, alimentar, energética, ambiental e de capacitação em três projetos distintos, sendo as mais importantes o mapeamento das áreas vulneráveis ao processo de desertificação.

O secretário lembra que, no mês de maio, um poço artesiano foi inaugurado em Carnaíba, no Sertão do Pajeú, beneficiando diretamente 30 famílias. Também foi lançado o primeiro Módulo de Manejo Sustentável da Agrobiodiversidade e promovida uma capacitação de 80 agricultores e professores do município para combater o avanço do processo de desertificação. As informações são da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Foto: César de Almeida/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

um × 2 =