Perfuração de poços artesianos garante acesso à agua para famílias atingidas por estiagem na área de sequeiro em Petrolina

5
Crédito: Jaquelyne Costa/PMP SEGOA divulgação

Ações de perfuração de poços artesianos coordenadas pela Secretaria de Governo e Agricultura (SEGOA) estão garantindo acesso à água para centenas de famílias que moram em áreas de sequeiro, na zona rural de Petrolina. O serviço beneficia principalmente aquelas comunidades e vilas mais distantes do município, que sofrem com os efeitos do longo período de estiagem.

Na semana passada, o povoado de Angical, a aproximadamente 90 km da cidade, teve um poço perfurado dando uma vazão de cinco mil litros por hora, o que proporcionará maior segurança hídrica para oito famílias.

Antes de realizarem as perfurações, as equipes da Pasta avaliam as áreas que mais carecem de acesso à água e que se localizam mais longe das margens do Rio São Francisco. Neste ano foram abertos 20 poços nas comunidades de Serrote Pelado, Volta da Carolina, Jatobá, Cacimba Velha, Cristália, Baixa Alegre, Lagoa da Caraíba, Ponta da Serra, Bom Jardim. A prefeitura dispõe de uma máquina perfuratriz para atender a uma demanda de mais de 140 solicitações.

O prefeito Miguel Coelho continua avançando com ações de convivência com a seca em Petrolina. Seja com sistemas simplificados que já foram instalados, com requalificação de reservatórios como no N-3 do Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho, modernização de motobombas para captação de água na área ribeirinha e agora com a perfuração de poços que vai amenizar e facilitar muito a vida do homem e da mulher da zona rural. As perfurações iniciaram e a nossa missão é dar maior celeridade possível, chegando no momento em que vamos atingir os meses com maiores temperaturas na região“, ressaltou o secretário Simão Durando.

5 COMENTÁRIOS

  1. Meu caro C. Britto
    É sempre recorrente, mesmo nos orgâo de governo e na imprensa falada e escrita, tratar as ações de perfuração de poços tubulares, como sendo poços artesianos de maneira generalizada. Gostaria de esclarecer que o termo ‘Artesianismo”, é uma condição que expressa a capacidade de um poço tubular perfurado, jorrar por presssão natural, sem a necessidade de bombear a água por meio mecânico ou manual.
    Então todo poço é tubular e artesiano é uma condição dele jorrar por pressão natural.
    Essa condição de poço artesiano está restrita, quase que exclusivamente, a regiões onde a hidrogeologia tem conformação de bacia sedimentar, como por exemplo: Bacias do Tucano, Jatobá, Parnaiba, Araripe, Paraná, bacias costeiras e algumas pequenas bacias marginais interiores.
    No interior do nordeste, onde predomina a conformação estratigráfica ou litológia da crosta terrestre com rochas cristalinas, tipo granito, micaxisto e gnuinais, não há essa condição estrutural de armazenamento de água subterrânea.

Deixe uma resposta para ANTONIO LUNA DE ALENCAR Cancelar resposta

Comentar
Seu nome

doze − 7 =