Pelo menos 30 mil petrolinenses estão impossibilitados de votar este ano, diz chefe do Cartório Eleitoral

0

No último dia determinado pelo Superior Tribunal Eleitoral (STE) para a regularização do título, muitos petrolinenses correram até o Cartório Eleitoral na esperança de conseguir normalizar sua situação. Mas os números não são nada positivos: pelo menos 30 mil cidadãos ficarão impossibilitados de votar no pleito de outubro deste ano.

A informação foi repassada ao Blog pelo chefe do Cartório Eleitoral, Edvanilson Lima. Grande parte das pessoas na fila, inclusive, saiu hoje com pendências no título eleitoral, uma vez que o atendimento se resumia a 120 fichas, mais 50 pessoas prioritárias e aquelas previamente agendadas.

O prazo de hoje seria para transferência, atualização ou emissão do título eleitoral. Mas Edvanilson explicou que o maior obstáculo recai mesmo em que não fez o recadastramento biométrico (encerrado em maio de 2016) em Petrolina, nem nunca procurou o cartório desde então, ou quem não tirou seu primeiro título eleitoral. “Temos dois tipos de público que foram afetados: quem é eleitor de Petrolina e não fez a biometria, e quem queria fazer o título pela primeira vez e não conseguiu”, frisou.

Ele adiantou, no entanto, que esses pessoas poderão procurar o cartório no próximo mês de novembro para regularizar sua situação. Atualmente a capacidade de atendimento da Justiça Eleitoral de Petrolina é de 200 eleitores – bem menor do que à época da biometria, que chegava até a 1,5 mil atendimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome