Pela primeira vez candidato a federal, Dr.Lucas acredita que UB possa eleger 4 nomes

por Carlos Britto // 25 de agosto de 2022 às 16:00

Foto: Blog do Carlos Britto

Pela primeira vez disputando uma vaga à Câmara dos Deputados, o médico Lucas Novaes (UB) está convicto de que pode alcançar seu objetivo nas eleições deste ano. Em entrevista ao Blog, ele crê numa meta ousada da legenda. “Acredito que o partido faça quatro deputados federais”, analisou.

O otimismo de Dr.Lucas – como é carinhosamente conhecido em Cabrobó (PE), sua terra-natal – não é à toa. Ele vai para a batalha das urnas com aliados em todo o Sertão, começando pelo vereador de Petrolina, Diogo Hofmann (PSC), o qual foi designado pelo próprio candidato a governador, Miguel Coelho (UB) para apoiá-lo, mostrando que tem a confiança do grupo do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB).

Dr.Lucas, que é vice-prefeito em Cabrobó, também trouxe para seu lado o presidente da Câmara Municipal, vereador Rony Russo. Outro colega de Rony, o vereador Wagner Sarapó, também confirmou a aliança com o candidato.

Ainda nesta quinta (25) é esperado o anúncio do médico oncologista pediátrico Tadeu Calheiros, ex-presidente do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) e integrante do Cremepe. A expectativa de Dr.Lucas está na possibilidade real de que o apoio do Dr.Calheiros faça sua candidatura ganhar ainda mais força entre a categoria. A bandeira pela saúde pública, inclusive, é um dos principais compromissos dele, caso seja eleito. “Pretendo lutar pela criação de uma carreira médica de Estado”, frisou.

Maria Elena

Dr.Lucas citou também a dobradinha política com a vereadora de Petrolina Maria Elena (UB), que vai tentar uma vaga à Assembleia Legislativa (Alepe). No último sábado (20), Maria Elena prestigiou ao lado do senador FBC a inauguração do comitê eleitoral do candidato, em Cabrobó. A expectativa de Dr.Lucas é de emplacar uma votação significativa, juntamente com Maria Elena, em municípios dos Sertões do Pajeú, Moxotó, Araripe e Itaparica, mas sobretudo em Cabrobó e Petrolina (bases eleitorais de ambos). Somado ao respaldo da classe médica, que tem hoje em torno de 20 mil profissionais na ativa, ele acredita que o União Brasil possa atingir a meta de eleger ao menos quatro deputados este ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.