Pedro Norberto responde as críticas no blog

por Carlos Britto // 11 de janeiro de 2009 às 07:50

Passei quatro anos como vereador e convivi com todo tipo de interesse. Sei de longe quando alguém está interessado em defender interesses próprios ou públicos. Não preciso de cargo político. Já ganho muito bem com as diversas atividades que desenvolvo. Vejo que a atividade de professor da FACAPE está comprometida, não por minha competência, mas pelos interesses particulares do corpo diretivo que estão sendo propagados diariamente na mídia. Está na hora de nós professores que queremos o bem da instituição darmos um basta, pois nossos nomes etão em jogo. As denúncias estão sendo lançadas dos dois lados do corpo diretivo, não cabem a mim apresentar provas mas sim as parte que iniciaram as acusações. Porém, cabe a mim e a qualquer pessoa que quer o bem da FACAPE, exigir que o nome da instituição seja preservado, e isso somente acontecerá com o afastamento de todos os ocupantes dos cargos para uma apuração rigorosa dos fatos que estão postos. Digo isso sem me esconder em codinomes. Enquanto vereador, defendi os interesses da instituição independentemente de posição política minha e da diretora. E ela sabe disso, só nunca agradecdeu. Pra quem tem interesse em ocupar os cargos disponíveis na FACAPE, deixo uma notícia de alívio: não tenho interesse em ocupar nenhum deles. Meu lugar é na sala de aula.
Querem saber da minha competência e idoneidade, pargutem aos alunos. Eles serão a melhor resposta. É uma pena que nosso semestre letivo vai ser iniciado em meio a tantos problemas.
Vamos colocar a FACAPE e nossos alunos em primeiro lugar.

Pedro Norberto

Pedro Norberto responde as críticas no blog

  1. Augusto Santos disse:

    “Já ganho muito bem com as diversas atividades que desenvolvo” Graças a deus!!! Então não fosse mais a barra no setor público. Os bairros que lhe elegeram no passado experimentaram seu desinteresse.

    Só resta uma pergunta: porque o senhor enquanto vereador não tomou a iniciativa de investigar essas desordens na FACAPE? Era seu dever, principalmente por ser membro do corpo docente. Qual é professor? Enfim… o sr. já está satisfeito demais, né? Não fez a pressão necessária pra que o plano de carreira desejado pelo coletivo, conforme comentário de outro professor aqui no blog, lá na câmara fosse deferido.

    É professor, existe diversos interesses nos setores públicos e privados.

    Mas torço pra que retome seu nome para a defesa da FACAPE.

  2. FRANCISCO DA CRUZ disse:

    A Facape parece mais um campo de batalha a uma faculdade. Chamem o Osama Bin Laden para resolver os problemas dessa faculdade.

  3. Menezes disse:

    Pedro Noberto , sabe o que fala e não pode ser agredido pelos os blogueiros….

  4. Flor disse:

    A FACAPE não é um campo de batalha. É uma faculdade formada por docentes capazes e que buscam uma evolução constante de suas formações.

    O que existe naquela instituição são algumas mazelas que precisam ser dizimadas. Verdadeiros tumores que podem comprometer o êxito pedagógico daquela faculdade. Aliás, cegaram o olhar pedagógico da faculdade, em detrimento do poder e vaidade de quem está no poder.

    Pedro Norberto não está contando fábulas…

  5. Petrolinense disse:

    Petrolinense disse:

    10 de janeiro de 2009 às 15:37

    Prezado Pedro Norberto,

    A sociedade de Petrolina, foi profundamente prejudicada com a ausência de V. Sª na Câmara Municipal, sabemos da sua luta, competência e compromisso com o povo da nossa cidade. Sabemos que na Facape exerce um papel de grade relevância, portanto, apoiamos a sua luta contra os desmandos da administração atual, para que essa instituição retome o caminho da serenidade, competência e seja conduzido por um gestor voltado exclusivamente as melhorias pedagógicas.

    Saudações,

    Petrolinense de nascimento e coração.

  6. Pedro Pereira disse:

    Conheço o meu colega Pedro Norberto. Trata-se de uma pessoa correta. Por isso, ele não merece que alguns desinformados (?) lhe atirem pedras. Pedro conte com a minha solidariedade!

  7. Pedro Pereira disse:

    O coordenador financeiro da Facape, o professor Jorge Lordelo, é muito célere em atacar os seus colegas; chega até a demitir do cargo de diretor – sem competência para tal – o professor Jorge Cavalcante, que, até que eu saiba, continua dando expediente na Facape.
    Professor Lordelo: use a sua celeridade para coisas que realmente importam, como por exemplo, cumprir as suas obrigações de conselheiro do Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão, que determinou que o senhor apresentasse parecer sobre assuntos de relevância acadêmica, e só depois de causar um prejuízo acadêmico à Facape é que o senhor agiu. Porque o senhor não foi célere, então, em matéria que engrandece a Facape?

  8. Flor disse:

    Pedro, vc é MARA!!!!!

  9. Eduardo Rangel disse:

    Gaza é fichinha perto da FACAPE.

  10. Ana disse:

    O mal deve ser extirpado, pela raiz, com medidas endêmicas e contumazes. Parabéns meu caro Pedro Norberto, por ter a hombridade de vir a público colocar o dedo na ferida da Facape.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.