Pedro Caldas revela ter virado figura indigesta no PSC de Petrolina e já admite deixar legenda

0
Foto: Blog do Carlos Britto

Filiado ao PSC desde o ano de 2006, o líder comunitário e presidente da Central Única de Bairros de Petrolina (Cubape), Pedro Caldas, deverá deixar a legenda. Como é pré-candidato uma vaga na Câmara de Vereadores nas eleições 2020, Caldas disse que está sendo visto pelos demais filiados como alguém que pode colocar em risco a campanha dos seus companheiros, a exemplo do vereador Rodrigo Araújo, que vai tentar a renovação do mandato.

Eles imaginam que a gente vai ter uma carga de votos e não teriam a oportunidade de se eleger. A gente lamenta que ainda há pessoas com esse pensamento pequeno, de não fortalecer o partido, mas tirar proveito dos seus próprios nomes, querer apenas ser o primeiro do partido. Esperamos que um dia chegue uma reforma político-partidária, para que essas situações deixem de acontecer não só em Petrolina, mas em todo o Brasil”, frisou.

O presidente da Cubape deixou claro que gostaria muito de permanecer no PSC, mas quem manda no partido em nível municipal não o quer mais como filiado. Caldas não mencionou para qual legenda irá, mas admitiu que sua saída é praticamente certa. “Infelizmente teremos de procurar um outro partido, que atenda também nossa ideologia cristã para continuar defendendo os direitos e interesses dos petrolinenses”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome