PE tem aumento na quantidade de testes positivos e na procura por exames

por Carlos Britto // 04 de novembro de 2022 às 07:40

Foto: Miva Filho/SES-PE

Pernambuco registrou, na última semana de outubro, um aumento na procura e também na positividade para a Covid-19 nos centros de testagem estaduais. Na Semana Epidemiológica (SE) 43, que compreende os dias de 23 a 29/10, foi observada uma positividade de 11,8%. Neste período, dos 440 testes rápidos de antígeno realizados nos pontos do TestaPE, 52 deram positivo para o novo coronavírus. Na semana anterior (SE 42), a positividade girou em torno de 4,1% – das 362 amostras coletadas, 15 confirmaram para a doença.

Já no Laboratório Central de Saúde Pública Dr. Milton Bezerra Sobral (Lacen-PE), que realiza testes de RT-PCR das amostras enviadas pelos hospitais de referência, unidades-sentinelas e também de exames aleatórios dos centros de testagem, a positividade geral para a doença, que esteve por seis semanas seguidas abaixo de 0,5%, está agora em 1,13%. Apesar de muito abaixo dos piores momentos da pandemia, quando a positividade para a Covid-19 chegou a mais de 50%, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) volta a alertar para a importância dos cuidados, assim como reforça a importância da vacinação.

Atualmente, 87,08% da população pernambucana acima dos três anos de idade tomou ao menos duas doses da vacina contra a Covid-19, ou a vacina de dose única. No entanto, quando se faz uma análise entre os idosos com 60 anos e mais e as crianças entre 3 e 11 anos, dois dos grupos mais vulneráveis para agravamento da doença, o cenário entre os menores acende o sinal de alerta. Enquanto os idosos estão com 125,52% de cobertura, as crianças estão com apenas 34,56% de cobertura vacinal para a doença.

Anvisa

Aa Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já aprovou o uso da vacina da Pfizer em crianças de 6 meses a 4 anos. Na última semana, o Ministério da Saúde (MS) recebeu 1 milhão de doses do imunizante da Pfizer destinadas a crianças de seis meses a 2 anos com comorbidades. O Programa Estadual de Imunização (PEI-PE) já solicitou o envio de remessas para Pernambuco, de acordo com as necessidades elencadas pelos municípios, assim como orientou os gestores quanto à correta aplicação destas doses segundo protocolos do órgão federal.

No Estado, até o momento, a população elegível para a vacinação é a partir dos três anos de idade. As doses aplicadas, assim como as especificidades para cada grupo, podem ser acessadas no Painel de Acompanhamento Vacinal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.