PCPE deflagra operação contra suspeitos de roubos a bancos; Sertão é alvo

0
Foto: reprodução arquivo

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) deflagrou nesta sexta-feira (10) a 2ª fase da Operação de Intervenção Tática (OIT), batizada de ‘Guerra Justa’. O objetivo é combater Crimes Violentos Patrimoniais (CVPs) contra instituições bancárias nos estados do Tocantins, Pernambuco e Pará. As investigações apuram tentativa de roubo ocorrida em Arapoema (TO), em 2019, e roubo consumado em Marabá (PA), também no ano passado.

Além disso, os investigados são apontados como autores de dois assaltos ocorridos no mês de janeiro de 2020, no Pará, nas cidades de Ipixuna e Paragominas. Contra o alvo preso em Pernambuco há indícios de que realizava o transporte de armas de grosso calibre, escondidas nas cargas que transportava com caminhão, dando suporte ao grupo criminoso. Foram cumpridos um mandado de prisão e dois de busca e apreensão domiciliar na região do Sertão do São Francisco, expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Araporema.

Na execução foram empregados 15 policiais civis – entre delegados, comissários, agentes e escrivães. A operação foi coordenada pelas Diretorias Integrada do Interior (Dinter) II e Integrada Especializada, e diretamente supervisionada pela Chefia de Polícia, contando com o apoio da PC do Tocantins (PCTO).

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

4 + dez =