Paulo Câmara lança programa de prevenção e tratamento do câncer de colo em PE

por Carlos Britto // 16 de dezembro de 2021 às 06:54

Foto: Heudes Regis/divulgação

O governador Paulo Câmara lançou, nesta quarta-feira (15), um programa em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), cujo objetivo é prevenir e tratar o câncer do colo de útero. Segundo dados obtidos pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), em 2022 são esperados 730 novos casos da doença em Pernambuco.

Em razão disso, no próximo ano serão feitos rastreamentos e o acompanhamento de 80 mil mulheres residentes no Recife e em oito cidades da Mata Sul (Cortês, Amaraji, Lagoa dos Gatos, Ribeirão, Primavera, Tamandaré, São Benedito do Sul e Barreiros). O investimento na iniciativa é da ordem de R$ 6 milhões.

Com os resultados iniciais obtidos após o rastreamento e acompanhamento no próximo ano, a SES vai expandir o programa para todas as regiões do Estado. O aperfeiçoamento da linha de cuidado passa pelo rastreio e detecção da lesão no colo do útero até a assistência na atenção especializada para o tratamento dessa ferida pré-cancerígena, que pode se transformar num tumor grave. Além disso, o programa prevê chegar ao patamar preconizado pela OMS para 2030, de 90% das adolescentes pernambucanas vacinadas contra a doença (HPV), 70% de mulheres rastreadas – na faixa etária de 35 a 45 anos – e, para completar, 90% das mulheres tratadas.

Testagem

Durante o evento de hoje, também foi assinada uma Carta Acordo entre o Instituto de Pesquisas de Biologia Molecular do Paraná (IBMP), o Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (Lika), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e o Instituto de Medicina Tropical (IMT), da Universidade de São Paulo (USP), com o objetivo de desenvolver um novo teste de HPV por PCR de baixo custo. Durante a pandemia da Covid-19, o Estado adquiriu máquinas de RT-PCR que, com a redução dos indicadores, serão utilizadas para analisar, com alto rendimento, a coleta do material feita pelo profissional de saúde ou mesmo por meio da autocoleta, a partir de 2022, ajudando no diagnóstico do câncer do colo de útero.

A cerimônia também contou com as presenças do secretário estadual de Saúde, André Longo; da secretária de Saúde do Recife, Luciana Albuquerque; do vice-diretor da OPAS, Jarbas Barbosa; da representante da OPAS/OMS no Brasil, Socorro Gross; da servidora da Secretaria Estadual de Saúde e consultora local SES/OPAS, Letícia Katz; do diretor do Instituto Ageu Magalhães/Fiocruz Pernambuco, Pedro Miguel; da presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, Jurema Teles. Também presentes o gerente de desenvolvimento de negócios do IBMP, Lucas Rosseti; o diretor do Lika/UFPE, José Luiz de Lima; a superintendente de Atenção à Saúde do Imip, Adriana Scavuzzi; a pesquisadora do Lika Danielle Valeska; o representante da Fiocruz Ceará, Odorico Monteiro; o presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Pernambuco (Consems-PE), José Edson de Souza; o deputado federal Gonzaga Patriota; o deputado estadual João Paulo; e as prefeitas Fátima Borba (Cortês) e Aline Gouveia (Amaraji).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *