Parceria entre Facape e Apex deve impulsionar exportações no Vale do São Francisco

0

As empresas do Vale do São Francisco poderão impulsionar suas exportações a partir de um convênio que está sendo firmado entre a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex). A iniciativa foi apresentada esta semana ao prefeifeito Julio Lossio, durante uma reunião articulada pelo presidente da autarquia, Rinaldo Remígio e o diretor acadêmico, Antonio Habib.

Também estiveram presentes o supervisor de Competitividade da Apex, Tiago Terra; o gerente do escritório da Apex no Recife, Armando Peixoto; além do secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, Geraldo Júnior. A Facape e a Apex irão capacitar os empresários da região por meio do Projeto de Extensão Industrial Exportadora (PEIEX). Segundo Tiago, a ideia do convênio é incrementar a produtividade e promover a cultura exportadora empresarial por meio do acompanhamento de uma equipe técnica formada pela Facape.

“O PEIEX é um projeto nacional em que trabalham universidades e centros tecnológicos. A partir de uma indicação da própria Fiepe, da ADdiper e de outras instituições, chegamos à Facape. É uma instituição que reúne diversos itens favoráveis, como atividades de extensão e o curso de Comércio Exterior”, justificou Tiago sobre a escolha da autarquia.

Extensionistas

Os técnicos – que também poderão ser professores e estudantes da Facape, chamados de extensionistas – irão atender as empresas com a tecnologia utilizada pela Apex. Para o prefeito Julio Lossio, que garantiu apoio ao projeto e a outras ações da Apex em Petrolina, o convênio poderá impulsionar outras áreas para exportação.

“Facape, prefeitura e Apex irão trabalhar a qualificação do empresário, seja pequeno, médio ou grande, para a cultura da exportação. Petrolina já tem a vocação exportadora de frutas, queremos ampliar isso para outras áreas. Nesse contexto, a Facape será um instrumento de aprendizado e ensinamento”, destacou o prefeito, afirmando que levará as ações da Apex para o G20 – grupo de 20 municípios do semiárido nordestino.

A assinatura oficial do convênio está marcada para o dia 3 de março, no auditório do Senai, com a presença do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto. (foto: Ascom Facape/divulgação)