Pais acampam na porta de creche para tentar matricular filhos em Juazeiro; Prefeitura diz que não há necessidade

0

Em Juazeiro (BA), muitos pais passaram o fim de ano numa fila para conseguir vagas na creche municipal Nailde Costa, Bairro Novo Encontro, para conseguir uma vaga. Pelo menos 50 pessoas acamparam no local e dormiram na fila. Para passar tanto tempo no local, elas levaram colchões, lençóis, fizeram até tendas e barracas. Os moradores também se organizaram e fizeram uma lista com os nomes das pessoas.

A Prefeitura de Juazeiro disse que não existe reserva de vagas nas creches através de lista, e que os pais ou responsáveis devem comparecer nas escolas a partir de hoje (3), primeiro dia de matrículas.  A prefeitura disse ainda que há vagas para todas as crianças em idade escolar no município.

Os pais que quiserem matricular seus filhos devem procurar uma unidade escolar levando duas fotos 3×4, cópias da certidão de nascimento, comprovante de residência, carteira de vacinação, cartão SUS, RG (Identidade) dos pais ou responsável, número do NIS e transferência/histórico escolar.

Segundo a Lei 12.796, é obrigação do Município atender alunos de quatro e cinco anos da Educação Infantil e os alunos do 1° ao 9° ano do Ensino Fundamental, contemplando a Educação Básica. “Mas o Governo Paulo Bomfim e a Secretaria de Educação sabem da demanda que ainda existe para os alunos de zero a 3 anos, e estão trabalhando para ampliar a oferta destinada a essa faixa etária. Enviamos projetos de construção de EMEIs (Escolas Municipais de Educação Infantil) para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação na tentativa de conseguir parcerias, aprovação e liberação de recursos. Devemos conseguir e melhorar ainda mais nossa oferta”, diz a superintendente de Gestão da Secretaria de Educação, Renata Araújo. (Com informações/foto da TV São Francisco)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

2 × 5 =