Padre Antonio comenta a mudança de postura na educação de Petrolina

por Carlos Britto // 10 de janeiro de 2009 às 08:00

Sinceramente, não estou entendendo mais nada. Estive em Petrolina e só ouvia elogios à Secretaria de Educação, apesar de saber da presença do Projeto Airton Sena. Agora, leio críticas à gestão do professor Plinio. E aparecem novas siglas e novas metas, mas não vi concretamente que ações e que metodologia serão aplicadas para alcançá-las. Acredito que enquanto não se envolver a comunidade local na busca de solução para seus problemas não se conseguira muito êxito. É lamentável que se precise importar Projetos que podem até ter dado certo em outros locais, e não se valorize, envolva, estimiule, articule as potencialidades do local. Nós temos em Petrolina coma FFPP da UPE, FACAPE, da Autarquia Municipal, CEFET -IFET, UNIVSF, A GERE e termos que importar soluções para educação Municipal como se essas instituições não tivesse nada para contribuir com a Educação da região. É preciso para para pensar nisso. . É necessário envolver todos os atores economicos e sociais na busca das soluções para os problemas que são locais. Pensem nisso.

Padre Antonio comenta a mudança de postura na educação de Petrolina

  1. Robson Patrício disse:

    Não sei o “porquê” da extranheza do Sr Padre Antonio, quanto a mudança da metodologia da Secretaria de Educação, pois todo o povo sabe que em politica é assim, não importa os resultados e sim os acordos, a metodologia de Plínio era na gestão passada, ou certa ou errada, o que não se aceita na politica é dar continuidade no projeto anterior, tem que se criar algo novo, para se dizer ao povo que a nova gestão tem capacidade de acertar; sempre a cada período antes das eleições Secretários são substituidos, ou não é assim? chega de tentar dizer ao povo que as coisas não acontecem assim; daqui a pouco vai querer dizer ao povo que a “fada do dente”, o “bicho papão” e tantos outros folclores brasileiros existem de verdade.

  2. Pedro Lupion disse:

    Padre, o senhor tá longe demais pra dar pitacos assim. O senhor conhece os índices da educação em Petrolina? E outra, essa ruma de entidades que citou nunca apresentou um plaono para educação do município. Não sei se sabe, mas a parceria que vem aí já é exemplo concreto na Escola Clementino Coelho. Dê pitacos no que não sabe não!

  3. Carlos Andre disse:

    Bom dia,

    Muito pertinente as colocações de Pe. Antonio antes de assumir era so elogio ao professor Plinio inclusive com varios convites para continuar a frente da Sec. de Educação, como não obteve exito agora está querendo se criar um novo factoide. Coisas da equipe verde(inexperiente) que a população ja tem conhecimento da verdade inclusive provavelmente essa semana tenha novidade sobre o montante de cheque bloqueados e a que tudo indica os numeros repassados para impressa estavam incorretos.
    Quanto ao comentario do amigo Robson Patricio discordo totalmente dessa politica mesquinha o que está dando certo deve-se da continuadade independente da gestão e da novos rumos somento ao que não está funcionando bem, isso é que os paides desenvolvidos e politicos progressistas costumam fazer;

  4. marco antonio souza disse:

    Oi padre Antonio e o Sr Robson Patrício e comun ver opositores que não votaran neste prefeito, criticar os seus secretários e as seus projetos. que o antigo secretário fez um bom trabalho e fato mais e fato tambem que falta muito para ser feito concorda,e por isso parem de ficar tentando fazer terrorismo.e outra coisa voces não acham normal a nova gestão fazer novas metas de trabalho ou voces queriam que apenas ficase apenas no que o antigo secretário começou, olhem pois foi ganho prémios foi mais existem muitos poblemas pois visitem a rede municipal para depois comentar, pois dos que são oposição nunca pode se esperar outra coisa, voces perderam as eleiçoes agora espere ao menos os que o povo elegeu inicia o trabalho e depois saibam reconhecer os mesmo e saibam elogiar e não só criticar, porem eu entendo até aceitarem a derrota demora.a nova petrolina começou muito bem e isso encomoda. a oposição perdedora.

  5. Prof. Bháskara disse:

    1. Prof. Bháskara disse:
    10 de janeiro de 2009 às 11:20

    Vinte e três anos de sala de aula: tudo que é teoria “revolucionária” no campo educacional já vivida . Uma constatação: tudo só fez piorar! Embora os índices, devidamente manipulados e criados por quem nunca pisou numa sala de aula, digam o contrário. Quando comecei a ensinar era comum alunos oriundos da escola pública, passarem no vestibular (3º ano A da antiga Escola Alfa Polivalente, ano 1982 , aprovou metade da turma, numa época que as vagas eram poucas…). Hoje, quando passa um aluno da escola pública numa faculdade ruim é um tal de bota-faixa na frente da escola, o que representa um paradoxo e um certificado de incompetência da própria escola que reprovou a maioria…Alguém pode alertar as gestoras sobre essa besteira lógica que cometem ? Eu já falei para a minha…e não fui ouvido!

  6. marco antonio souza disse:

    Oi Carlos Andre calma daqui a quatro anos voces tentem ganhar a eleição para colocar em pratica os seus prejetos, pois agora quem comanda a cidade e quem o povo elegeu entenda isso, e se voce tem ch a receber vai até la mostra refrente a que foi o pagamento e recebe,voce acha isto errado, foi dito na imprensa todos ouviram só não a oposição que ficafazendo terrorismo.e sobre plinio se ele ficase teria que fazer novas metas pois falta muita coisa a ser feita,eu como eleitor acho que ao contrário de criticar antes do trabalho iniciar temos o dever de esperar e não criticar antes do inicio do trabalho voce não acha,agora querer isto da oposição e querer demais.

  7. João Telê disse:

    Eu votei neste pefeito que está aí. Não estou arrependido, afinal está muito cedo, precisamos de tempo. Toda a celeuma corre por conta do fermento que os periféricos colocam. Eu sei que o nascimento de uma nova Petrolina está anunciado. A minha preocupação se resume em duas coisas: Uma é o tempo de gestação para esta menina nascer. Pode ser logo ou pode durar quatro ou mais anos. A outra dúvida é quanto ao DNA desta menina, ou seja quem será o pai, porque a mãe todos nós sabemos que é a população de Petrolina. Essa, sim, é quem aguenta aquela barra.
    Uma sujestão: Todo eleitorado deve tomar uma colherinha de memoriol todos os dias, pela manhã. Com certeza daqui a quatro anos todos irão se lembrar de tudo.

  8. envergonhado disse:

    O puxasaco Patrício perdeu uma bela oportunidade de ficar calado. Não se continua projetos de outra gestão? pelo amor de Deus… é muita inexperiência para não dizer outra coisa. As declarações de Luíz Eduardo Coelho e tantos outros estão se confirmando: o prefeito é fraco e tem equipe fraca. Coitado do povo de Petrolina que teve esperança e acreditou nele. A nova Petrolina é composta de irresponsáveis e incompetentes. Todo projeto que dá certo em gestòes de outros prefeitos deve sim continuar, pois é para o bem da cidade.

  9. Pe. Antonio disse:

    Pedro Lupion,
    A gestão pública como o prórpia terminologia é clara é de dominio público. A comunidade elege seus gestores, mas deve acompanhar e controlar a gestão. É um direito e um dever de cada cidadão. Portanto, quem acha que fazer uma avaliação, dá um sugestão ou fazer uma critica é uma ofensa, precisa urgentemente se capacidar, atualizar-se para conhecer o que o que é gestão pública. Pois, exercitar o direito de cidadnia acompanhando a gestão de sua cidade é um direito de todos. Essa coisa de que quem critica é a oposição está superada, é um atraso. O meu comentário não tem nada a ver com oposição. Em se tratando de desenvolviemento local, cabe aos administradores, no caso do municiípio, o prefeito, buscar articulação, envolver a comunidade e as instituições. Pedro Lupion, eu estou longe, mas não sou idota, eu fiz o comentario da materia veiculada. E sobre o Desenvolviemento local, eu falei porque esrtudei e sei o que é e como faz. E não se faz desqualifacndo as instiuições, acusando–as de não terem apresentado projeto algum. Elas devem ser convidadas, motivadas a se envolverem com os sproblemas do município. Se você tem algum cargo ai na Prefeitura, precisa, pensar antes de se referir às instiuições publicas ou privadas com sede no muncípio. Elas não responsa´veis pelos baixos íindices da educação. Mas têm como contribuir para melhorá-los.
    Não estou criticando por criticar. O Prefeito atual está apensa começando e precisava paresentar alguma proposta de ação. No entanto, quando me referi a importar projetos não é a melhor coisa para o deenvolvimento local. E quanto ao Projeto da Escola Clementino, meu caro. Apesar de ter seus aspectos positivos, existem criticas de pessoas, educadores e instituições contra esse tipo de parcerias…..Procure se informar quais são…..

  10. Menezes disse:

    Os políticos falam que a educação melhou só que ninguem ver um filho de prefeito e nem de verador matriculados na rede pública municipal se realmente tivese melhorando eles mesmo deveriam da um bom exemplo estudando ou matriculando seus filhos… deixa de cara de pau!!!

  11. Pedro Lupion disse:

    Para de falar besteira padre. O senhor era professor no CEFET e nem aula ia dar. Vereador de um mandato só.

    Não ocupo cargo algum. E se Deus me permitir não deverei minha alma ao diabo com teta em governo algum. Sinto-me realizado no setor privado.

    Por falar em setor privado, tenho a esperança que Julio leve uma máxima para o público. “Quem não render é rua”.

  12. João Telê disse:

    Pera pera aí, gente. A nova Petrolina virá de toda uma gestação e ninguém ainda é capaz de prever que duração terá. Tenham paciência porque tudo poderá demorar oito anos. Estão se degladiando à toa, sem necessidade.

  13. Pe. Antonio disse:

    Felizmente a democracia existe, pelo menos, para o cidadão poder dizer até mesmo asneiras, desde que não atinja a dignidade do outro com agressões gorsseiras e afrontas à verdade. Poor isso, meu caro Pedro Lupion, espero que leve as coisas a sário. Eu não era professor do CEFET não. Você está mal infomado: eu sou professor do CEFET sim. E, apesar de não dever satisfação a você do exercicio de minha profissão, devo dizer que nunca deixei de dar aula não. Mesmo quando exerci o mandato de vereador. Cuidado com o que você diz ou escreve. A gente só diz o que pode provar. Do contrário corre sério risco de responder em juizo as ofensar e calúnias para atingir gratuitamente as pessoas sejam eles quem forem. E eu posso provar que sempre dei aula, pois você sabe que exite diário de classe e livro de ponto em uma instituição escolar. Muito cuidado com o que diz. E para concluir, não vou parar de falar e comentar o que quiser, é meu direito. E o seu direito também fazer o mesmo e não desviar o foca da gestão publica para dirigir agressões aos leitores do blog. Se você não ocupa cargo muito menos eu. Sou professor do CEFET porque fiz concurso, não devo nada a ninbguém e nem vendi minha alma a nenhum governo. Cuidado. Não sei porque se realiza em destilar tanto veneno contra um cidadão como eu que nunca lhe fiz mal, apenas comentei uma ação da gestão pública. E se não ocupa cargo na gestão, faz até bem, pois se fizesse parte de algum governo com essa postura poderia comenter certos atos impesados contra quem lhe dirigisse uma critica, pois eu nem o critiquei e está assim, imagine!!!!

  14. David nomero De Macedo disse:

    Prof.Bráskara concordo plenamente com o senhor e acresento mais,criaram uma metalidade que tudo do passado era pior, como se tudo hoje fosse mil maravilhas e que pobre e negro é burro e só pode entrar por sistema de cota e não por merito, de que adianta se o sistema eliminara depois por falta de capacidade proficional. Tem que criar escola que essine,só para levantar numeros não vai adiantar( 99% de alunos em sala de aula) e nem um preparado para enfrentar a vida.

  15. David nomero De Macedo disse:

    pe.antonio diario de classe e o livro de ponto não sei se funcionam, por que eu quando estudava tive professor que durante um ano letivo compareceu a quatro aulas e recebia o seu salario.Mesmo que em juizo valeria como prova o Pedro Lupion poderia apresentar provas verbais de pessoas que estudaram com o senhor para poder comprovar o seu não comparecimento. POr isso que a jusiça é cega.Não estou dizendo que o senhor não deu sua aula,e nem posso por não saber que o senhor é professor,mas era comum professor falta a aula e não ter sua falta registrada, a justiça teria que averiguar se um processo fosse aberto. concordo quando diz que vai continuar os seus comentarios, isto eu aprovo.E não fique com raiva o senhor é um pessoa publica e exerceu cargo publico e vai aparecer muitos comentários que não vai gostar, aí o senhor não vai sair processando todo mundo.Não deixe de comentar Padre e Pedro lupion tambem(as vezes eu discodo de você, mas é assim mesmo).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *