Organização comemora sucesso da 11ª Feira de Caprinos e Ovinos do distrito de Pinhões

0
Feira de Caprinos e Ovinos do distrito de Pinhões. (Foto: Ascom PMJ/Divulgação)

A 11ª edição da feira de Caprinos e Ovinos do distrito de Pinhões, zona rural de Juazeiro (BA), foi finalizada e registrou mais de 6 mil visitantes no último final de semana. O evento, realizado pela prefeitura através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (Adeap) e da Associação dos Produtores Rurais do Vale Rio Curaçá (Aprovric) reuniu cerca de 250 animais.

Uma das novidades apresentada nesta edição foi o torneio de pista oficial, onde os pequenos produtores tiveram a oportunidade de participar, mostrando o potencial genético dos seus animais. “O torneio tem como ponto positivo agregar valor no momento da comercialização, ponto forte dessa edição da feira de Pinhões, que tem uma importância fundamental não só na comercialização de animais, mas em todo o aquecimento da economia local, inclusive no empreendedorismo”, frisou o diretor de pecuária da ADEAP, José Wilson Chaves (Chaveco).

O distrito de Pinhões tem sua economia voltada para a agricultura de subsistência e destaca a caprinovinocultura como o grande sustentáculo na zona rural de Juazeiro. “A feira é uma vitrine dos produtores rurais da cadeia, na qual o produtor tem feito toda a tramitação de troca de animais e vendas. Temos apresentando tecnologias inovadas, práticas mais fáceis de manejo através de cursos e palestras que favorecem a cadeia”, observou Osvaldo Lopes, presidente da Associação dos Produtores Rurais do Vale Rio Curaçá (Aprovric).

A feira tem destacado a caprinovinocultura da região de Pinhões, um distrito importante para o município e que possui uma pecuária forte, além do açude, que contribui com a produção agrícola. O governo do prefeito Paulo Bomfim tem colocado como prioridade o desenvolvimento dessa atividade na área de sequeiro do nosso município”, avaliou o titular da Adeap, Tiano Félix.

Outras novidades

Além da exposição de animais e dos torneios leiteiros e de pista, o evento também contou com a realização do Cadastramento Ambiental Rural (SEFIR) para os produtores locais, palestras, apresentações culturais, shows musicais, e o espaço do empreendedor – com a presença de comerciantes de artesanatos e produtos culinários (doces, geleias, compotas, sequilhos, biscoitos) do distrito e localidades circunvizinhas. A feira contou com a parceria do Governo Federal, Banco do Nordeste, Adab, IRPAA, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STRJ), Univasf, Uneb, Polícia Militar, Cesol, Mineração Caraíba, Sebrae e DNOCS.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome