‘Orelhão’ na Cohab Massangano é retrato do descaso

4

ORELHO~1ORELHO~3Um fato registrado no bairro Cohab Massangano, Zona Oeste de Petrolina, revoltou o comunitário Hector Medrado.

Como se já não bastassem os problemas na telefonia móvel existentes na cidade, os ‘orelhões’ públicos parecem entregues à sorte.

Na foto enviada por Hector ao Blog, o equipamento localizado na Rua n° 100 do bairro está praticamente destruído. E sem ninguém para tomar providências. Um descaso que não merece nenhum adjetivo.

4 COMENTÁRIOS

  1. ISSO AI NÃO É DESCASO! QUEM FAZ ISSO É A PROPRIA POPULAÇÃO, E DEPOIS VEM FAZER BAGUNÇA NO MEIO DA RUA PRA PEDIR MELHORIAS?? ACHO QUE PRIMEIRO DEVE SE TER CONSIENCIA DE SEUS ATOS E DEPOIS COBRAR MUDANÇAS E MELHORIAS! OU VAI ME DIZER QUE DILMA OU O PREFEITO VINHERAM DEPREDAR O ORELHÃO? AS PESSOAS SO QUEREM COBRAR, MAS FAZER A SUA PARTE QUE É BOM, NADA!!!

  2. Caro amigo fmjg, não pude deixar de ver o seu comentário, sem também deixar o meu.
    Apesar de “todo mundo ter celular” existe alguns momentos em que os orelhões são utilizados e tem uma serventia muito grande.

    1- As vezes o celular acaba a bateria e você não tem como carregar naquele momento, então você usa o orelhão. (Isso já aconteceu comigo no centro da cidade e precisei fazer uma ligação urgente);
    2- As vezes alguma pessoa está aqui na cidade a passeio e vai pagar deslocamento se ligar para os seus familiares que moram em outra cidade, então compensa mais/sai mais barato comprar um cartão telefônico e entrar em contato com a família;
    3- Quando você liga de um orelhão para um telefone fixo, você não precisa de cartão telefônico para ligar. As vezes, você está sem crédito, ou até mesmo sem o celular no momento e necessita fazer essa ligação do orelhão;
    4- Para ligar para o 103 e pedir informação, quando você liga do celular ou do telefone fixo a ligação é paga, já do orelhão é gratuita.

    Como você pode ver, mesmo com o crescente aumento da telefonia móvel, o velho orelhão ainda é utilizado e útil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome