Oposição em Pernambuco traça estratégias e duas chapas podem já estar nascendo

3

A coluna da Folha de ontem (7) falou sobre as declarações do secretário de Segurança Cidadã do Recife, Murilo Cavalcanti (MDB), afirmando que o seu partido não entraria de cabeça nas eleições 2022 ou apoiaria um projeto partidário do candidato que estivesse alinhado com o presidente Jair Bolsonaro. Parece que o remédio já estava esperando a doença aparecer para entrar em cena.

Começou um movimento em Pernambuco para colocar como candidatos de Bolsonaro no Estado os nomes do Coronel Meira e da deputada estadual Clarissa Tércio (PSC). Seria o projeto dos sonhos, já que o deputado federal Daniel Coelho (Cidadania) vem afirmando há alguns dias, inclusive a este blogueiro, que a oposição marcha com duas candidaturas em 2022 para a disputa pelo Governo de Pernambuco.

Os outros nomes para a segunda chapa são a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), Anderson Ferreira (PL) de Jaboatão dos Guararapes, e Miguel Coelho (MDB), de Petrolina. Uma chapa mais alinhada e outra mais ‘afastada’ de Bolsonaro. Sendo assim, na cabeça dos estrategistas já está tudo resolvido. Só falta combinar com os Russos.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

8 + sete =