Oposição cumpre agenda na Zona da Mata com Movimento ‘Levanta Pernambuco’

por Carlos Britto // 06 de novembro de 2021 às 07:00

Foto: divulgação

Uma região atingida pela violência, cuja taxa de homicídios é o dobro que a média estadual, sendo a maior entre todas as 12 Regiões de Desenvolvimento de Pernambuco e que sofre com o desemprego e a falta de oportunidades, entre outros desafios. Esses foram alguns dos temas apresentados sobre a Mata Sul no diagnóstico do Movimento ‘Levanta Pernambuco’, na tarde de ontem (5), em Catende. Neste sábado (6) o debate continua em Vicência, na Mata Norte, a partir das 15h.

Recepcionados pela prefeita Dona Graça (PSDB), participaram do segundo debate da iniciativa do PSDB- PL-PSC e Cidadania – que integram o bloco de oposição – a prefeita de Caruaru e presidente do PSDB estadual, Raquel Lyra; o prefeito de Jaboatão e presidente do PL, Anderson Ferreira; o deputado federal e presidente do Cidadania, Daniel Coelho; e a deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB). Lideranças políticas como vice-prefeito de Caruaru Rodrigo Pinheiro, o vice-prefeito de Catende Antônio do Egito, o vereador do Recife Fred Ferreira (PSC) e os ex-prefeitos  Edson Vieira e Joãozinho Tenório, também acompanharam a programação.

O nosso movimento é muito amplo e quer ouvir os pernambucanos de todas as regiões. Os desafios são grandes. Estamos saindo de uma pandemia e nosso estado passou a ter nos últimos anos números constrangedores de geração de emprego e renda e dificuldades na atração de novos investimentos. O Levanta Pernambuco é um debate sobre a vida real do estado para construir uma agenda que dialogue com Pernambuco construindo estratégias de desenvolvimento regional para gerar um olhar para futuro”, afirmou Raquel Lyra.

Anderson Ferreira destacou que esse é um movimento que começou “semeando”, porque uma gestão exitosa se inicia ouvindo as pessoas. “É uma iniciativa de pessoas do bem, políticos testados nas urnas que estão se doando para um projeto novo pra Pernambuco. O governo que está aí só pensa em ganhar eleição, não importa como. Aqui temos um único propósito, unir os pernambucanos, com uma proposta séria que possa pensar Pernambuco”, pontuou.

Na mesma linha, Daniel Coelho endossou os problemas que o Estado enfrenta para gerar empregos. “Pernambuco está falhando em dar oportunidades à sua população. Temos desafios imensos na infraestrutura, na saúde, na educação, mas estando especificamente na Mata Sul, precisamos de muito trabalho para voltar a trazer desenvolvimento para poder dar oportunidade”, destacou. Também marcaram presença o prefeito de Riacho das Almas Dió Filho; o secretário de Governo de Catende, Rilton Braz; o ex-deputado estadual Rildo Braz; e lideranças das cidades de Catende, Palmares, Escada, Ribeirão, Barreiros, São José da Coroa Grande e Água Preta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *