Operações contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro são deflagradas no Interior de PE

por Carlos Britto // 22 de novembro de 2022 às 09:53

Foto: MPPE/reprodução

Integrantes do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) e membros do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) participaram de duas operações deflagradas junto com a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) no Interior do Estado, na madrugada desta terça-feira (22). A Operação Impasse voltada para o combate ao tráfico de drogas e a Disfarce contra a lavagem de dinheiro. Os alvos estavam nos municípios de Alagoinha e Pesqueira (Agreste Meridional); Chã Grande e Bezerros (Mata Sul); e Arcoverde (Sertão do Moxotó).

Ao todo, foram 11 mandados de prisão e 20 mandados de busca e apreensão. Além de policiais civis, 21 membros do Gaeco e da AMPC, participaram ainda policiais militares, perfazendo, no conjunto, mais de 100 pessoas em um trabalho de integração e de grande porte.

Segundo o delegado Ighor Nogueira, que presidiu as operações, os alvos são diversos e alguns deles são pessoas de boa situação financeira conectadas em um emaranhado de crimes, inclusive homicídios. Ele elogiou a colaboração do Gaeco que, desde o início das investigações, em 2021, deu todo apoio técnico e de pessoal na análise de dados e, agora, na deflagração das operações.

Foi um ano de investigações complexas com análises de provas, vídeos, escuta de testemunhas, etc. A participação do GAECO nos auxiliou muito”, comentou o delegado. As investigações também foram feitas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (Dintel) e pelo Laboratório de Lavagem de Dinheiro (LAB/PCPE).

Parceria

O promotor de Justiça Daniel de Ataíde, que atuou na cobertura de um dos alvos, também destacou a operação conjunta. “Foi um trabalho de parceria entre o MPPE e a Polícia Civil, que presidiu as investigações. O Gaeco contribuiu com a análise de parte dos dados e evidências, na tomada compartilhada de decisões, no cumprimento dos mandados de prisão e busca e apreensão expedidos pelo juízo da Comarca de Pesqueira de alvos sensíveis, tendo um resultado positivo“, avaliou. Nesta terça, às 11h, no auditório da sede da Dinter 1, em Caruaru (Agreste), haverá uma coletiva de imprensa para detalhar mais o resultado das duas operações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.