Operação Pipa pode ser retomada em parceria com a Compesa, diz secretário Dilson Peixoto

3
Foto: divulgação

O secretário estadual de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto, admitiu que o Governo de Pernambuco só irá retomar a Operação-Pipa no Sertão quando quitar as pendências ainda existentes junto aos pipeiros contratados. Dilson disse à imprensa, durante o 4º Seminário ‘Todos por Pernambuco’, na última quarta-feira (21) em Petrolina, que sua pasta herdou um passivo de R$ 4 milhões. Por este motivo, o governador Paulo Câmara optou por não retomar a ação neste momento.

Nesta semana, o Estado conseguiu liberar os primeiros recursos para iniciar a quitação dos atrasados com os pipeiros. O valor é de R$ 1,3 milhão. “A gente está negociando com a Secretaria de Planejamento e a Secretaria da Fazenda a liberação de mais recursos”, reiterou.

Dilson explicou que a ideia do governo é retomar a Operação-Pipa em parceria com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) porque, segundo o secretário, não há uma previsão orçamentária do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) para bancar o serviço. “A gente já iniciou a conversa com a secretária Fernandha Batista (Infraestrutura) e com a presidente da Compesa (Manuela Marinho)”, destacou. O programa foi paralisado em 2017. Os recursos liberados até o momento são referentes ao pagamento dos anos 2015 e 2016, mas Dilson ressaltou que todas as pendências com os pipeiros serão zeradas.

3 COMENTÁRIOS

  1. Vamos acabar com esse negócio de carro pipa, vamos acabar com seguro safra, vamos acabar com bolsa família, como? é simples, vamos pegar todos esses recursos juntos, e, fazer Barragens Subterrâneas+Poços Amazonas+Bombeamentos em todos os riachos e córregos do Semiárido do Estado. Em assim procedendo, o matuto vaI TER ÁGUA INCLUSIVE PARA FAZER PEQUENAS IRRIGAÇÕES E PARA O SEU SUSTENTO. Hô povo que pensa pequeno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome