Obra em homenagem a Manuca Almeida será apresentada em Bienal Internacional do Livro

por Carlos Britto // 04 de outubro de 2021 às 21:53

Foto: Cortesia

O livro póstumo ‘Seu Emmanuel, quando o amor venceu a dor’, de coautoria de Manuca e Lu Almeida, será lançado na 13ª Bienal internacional do livro de Pernambuco neste sábado (9) às 16h. O evento é o maior encontro literário do Nordeste e o terceiro maior do Brasil. O convite para participar da Bienal aconteceu seis meses depois do lançamento da obra em Juazeiro (BA).

Lu Almeida recebeu o convite dos organizadores da Bienal em julho deste ano, depois da repercussão da história narrada no livro. A Bienal, que acontece até 12 de outubro, homenageia o educador Paulo Freire (que se estivesse vivo completaria 100 anos), junto com a poeta Cida Pedrosa. O evento reúne escritores nacionais, internacionais, grandes editoras e os mais novos lançamentos do mercado. Tudo será transmitido pela plataforma própria no site.

Manuca Almeida construiu sua obra levando “a palavra em primeiro plano”. Ao longo de 40 anos de carreira sua poesia foi registrada em diversas obras literárias; passando pela música, saindo vencedor de um Grammy Latino. Seu Emmanuel é a segunda obra póstuma do autor, só que dessa vez em parceria com sua companheira Lu Almeida – radialista, publicitária e guardiã da obra do poeta.

O livro foi idealizado por Manuca em seus últimos meses de vida, com o olhar mágico e produção executiva de Lu Almeida e com projeto gráfico assinado por sua filha mais velha, Dandara Almeida, e seu genro Bruno Biano. Dandara Almeida também será a mediadora do evento. O poeta faleceu em 2017, após uma dura batalha contra um câncer.

Tags: , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *