Obra de asfaltamento não é concluída no bairro Rio Claro e moradores pedem providência

11

Uma obra de asfaltamento na rua 6 do bairro Rio Claro em Petrolina (PE) está tirando o sossego dos moradores do local. Segundo eles, a obra foi iniciada em novembro de 2020, e desde então não avançou. “Iniciaram a colocação do asfalto, quebraram nossas calçadas, fizeram vários meios fios de concreto e simplesmente abandonaram as obras, até hoje estamos mantendo nosso transporte fora de casa arriscando serem roubados”, desabafou uma moradora.

O Blog entrou em contato com a Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra), a qual explicou que quando iniciada a rua, percebeu a necessidade de rebaixar a rede de água da via. Com isso, acionou a Compesa para que fosse realizado o serviço. “A Seinfra precisou remanejar as máquinas para a iniciação de outras ruas, para que não onerasse aos cofres públicos. Após a finalização dessas vias, a empresa contratada irá retomar e concluir o serviço na Rua 6 do Rio Claro”, disse por meio de nota.

11 COMENTÁRIOS

  1. “a qual explicou que quando iniciada a rua, percebeu a necessidade de rebaixar a rede de água da via”

    Eu quando vou fazer reforma na minha casa consulto a planta da casa para saber onde está cada coisa, para evitar danificar o que não deve ser mexido.

    Mas os sábios do governo Novo tempo apenas vão lá e empurram asfalto por cima, ignorando as etapas primordiais, que é verificar o que está por baixo da via, e suas condições, e é por isso que tem tanta rua recém asfaltada já remendada, devido a troca de tubulações pela Compesa.

    Obra feita para arrancar voto dos otários é assim mesmo.

  2. A compesa foi nessa rua já tem mais de dois meses, fez o serviço, a secretária me vem com essa desculpa, não dar uma satisfação aos moradores, a rua já é estreita daí joga um monte de concreto na rua, arriscando causar um acidente, se os nossos transportes que está ficando fora de casa for roubado a prefeitura vai arcar com o prejuízo!

  3. A compesa foi nessa rua já tem mais de dois meses, fez o serviço, a secretária me vem com essa desculpa, não dar uma satisfação aos moradores, a rua já é estreita daí joga um monte de concreto na rua, arriscando causar um acidente, se os nossos transportes que está ficando fora de casa for roubado a prefeitura vai arcar com o prejuízo!

  4. Queremos soluções e não desculpas, as eleições passou vcs já conseguiram se releger agora fica colocando o povo pra sofre! Que vergonha Miguel!

  5. A Seinfra não está cumprindo bem o seu papel de fiscalizar as obras em andamento e depois quer passar a imagem de competência mas, a informação repassada por ela a equipe do Carlos Britto em parte, não é verdade.

    Esta obra realmente parou pra aguardar o serviço da Compesa, que demorou mas, concluiu sim a correção do problema citado. E no dia 8 de fevereiro a empresa responsável pelo asfaltamento retornou a rua, concluiu a terraplanagem e espalhou prla rua toda, as formas dos blocos de meio-fio e depois disso a obra simplesmente foi abandonada e nós continuamos aqui, sem asfalto e com as calçadas quebradas.

    Porém, pra Seinfra melhor do que assumir a culpa pela incompetencia de seus gestores no quesito ‘fiscalização’ é jogar a culpa nas costas daquele que já havia feito a sua parte, a Compesa.

    A gente que lute!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

4 × 2 =