O dia em que um ilustre petrolinense deu boas-vindas à rainha

por Carlos Britto // 08 de setembro de 2022 às 22:00

Foto: reprodução

Petrolina está ligada, mesmo que indiretamente, com a história da Rainha Elizabeth II, que faleceu nesta quinta-feira (8) aos 96 anos. Para tentar entender, o ‘Éramos assim’ vai voltar no tempo – mais precisamente no ano de 1968.

Nessa época o governador de Pernambuco era Nilo Coelho, um petrolinense da gema, que recepcionou Sua Majestade e o marido dela, príncipe Phillip, na Veneza Brasileira, como este Blog já mostrou no Instagram.

Sem dúvida alguma, um dos momentos mais marcantes da vida política de Nilo Coelho.

O dia em que um ilustre petrolinense deu boas-vindas à rainha

  1. Defensor da liberdade disse:

    Nilo Coelho, o governador eleito sem votos, colocado no poder pelas armas da ditadura militar. Não estava a altura da rainha, esta realmente querida pelo seu povo.

  2. Fred disse:

    Ele levou nada menos que sua mãe para apresentar a rainha e disse:
    Essa aqui é minha rainha mãe!
    Extraordinário.

  3. Otavio disse:

    Um Petrolinense de FIBRA. Com certeza um orgulho para os Petrolinenses. Um Governador como poucos. Conta-se que o Presidente João Figueiredo ao encontrá-lo em um dos corredores do Congresso disse, “Nilo, não venha com o seu trator para cima de mim, e Dr. Nilo respondeu, então saia da frente”.
    Petrolina é a maior cidade de interior num raio de 400 km, e isso se deve muito ao Dr. Nilo de Souza Coelho.

  4. Roberto Mendes disse:

    Nilo Coelho um orgulho do povo Petrolinese, que trouxe desenvolvimento para Petrolina, hoje conhecida com a capital do sertão. Parabéns pela história.

  5. petrolinense nato disse:

    Pelo voto, valendo mesmo, ta difícil ter outro governador petrolinense…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.