Novo espetáculo infantil do Coletivo Trippé sobre importância da água estreia neste fim de semana no Centro de Cultura João Gilberto

0

Uma nova aventura cênica para crianças surge nos palcos do Vale do São Francisco. Pensando a água como maior tesouro para a humanidade e na importância de falar sobre o tema para a garotada, o Coletivo Trippé estreia seu segundo espetáculo infantil, ‘Debaixo D’água’. As primeiras apresentações desse novo trabalho serão neste sábado (15) e domingo (16), no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro.

O diretor Adriano Alves resolveu chamar de “uma aventura flutuante” essa nova obra da companhia. “Ao criar um trabalho para crianças, sempre penso em como fazer com que elas se divirtam e que, nesse mesmo tempo, consigam aprender algo, sem ser chato o aprender. Quando pensamos em um novo infantil, também pensamos nesse rio que nos dá a vida. Espero que, quem vier assistir, reflita sobre o que estamos fazendo com ele e com nossa terra, sem deixar de dar bons sorrisos“, pontua.

As sessões começarão às 18h nos dois dias. A bilheteria estará aberta uma hora antes. Os ingressos para essa primeira temporada são a preços populares – R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). Para quem garantir os ingressos antes do dia da apresentação, a produção está fazendo uma promoção pela qual todos pagam apenas R$ 5,00 nos antecipados. Para comprar os ingressos, é só procurar um dos integrantes ou solicitar nas redes sociais do grupo (facebook.com/coletivotrippe ou no instagram @trippecoletivo).

O elenco

Em cena, além de Adriano, que também atua como um dos bailarinos, estão Julia Gondim, Rafaedna Britto e Wagner Damasceno. A equipe ainda conta com Roquildes Junior na direção musical e Regiane Nascimento na execução de sonoplastia e parte da criação coreográfica, além de Fernanda Luz, que fez a preparação do elenco e escreveu a música tema; Diego Ravelly no figurino e Carlos Tiago na iluminação completam a equipe criativa; e Nilzete Miranda assina a produção.

O novo espetáculo é um dos produtos resultantes das pesquisas que o Coletivo desenvolveu sobre a região em sua manutenção de atividades, ‘Trippé Enraizando’, aprovada no Edital de Apoio a Grupos e Coletivos Culturais 2016 do Fundo de Cultura da Bahia. O projeto tem apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural do Estado da Bahia e Secretaria de Cultura da Bahia (Secult-BA).

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome