Novas comunidades de Petrolina recebem sinalização viária na pavimentação

por Carlos Britto // 26 de janeiro de 2023 às 08:22

Foto: Ascom PMP/Seinfra divulgação

Prosseguindo com os serviços relacionados ao programa de pavimentação em Petrolina, a prefeitura está beneficiando, este mês, mais cinco comunidades com novas sinalizações viárias. Segundo a gestão municipal,  até o final de janeiro as ruas já estarão liberadas para circulação dos condutores.

Os trabalhos estão acontecendo nos bairros Vila Débora, Vila Marcela, Gercino Coelho e Vila dos Ingás e integram um conjunto de obras de infraestrutura na cidade.

A sinalização viária horizontal é uma das etapas finais do processo de pavimentação. O serviço garante mais segurança e melhor fluidez no trânsito das comunidades. Equipes da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) orientam que os moradores não estacionem veículos nas ruas nos dias da execução dos serviços.

O titular da pasta, Fred Machado, destaca sua satisfação de ter iniciado o ano com obras. “Ver nossa cidade em pleno desenvolvimento nos deixa animados e com gás para trabalhar cada vez mais. Temos muita obra para tocar por todo o município ao longo desse ano. São pavimentações, praças, nosso hospital da criança, entrega da feira da Cohab Massangano, entre outras“, pontua.

Novas comunidades de Petrolina recebem sinalização viária na pavimentação

  1. Zezim da Jega Amojada disse:

    As Avenidas Mons Angelo Sampaio e São Francisco, e a Rua da Polônia de tráfego intenso e iluminação precária, merecem atenção nesse quesito, pois as lombadas e passagens elevadas estão com sinalização horizontal completamente invisíveis aos condutores.
    Deus no comando!

  2. Antonio Lima disse:

    Senhor titular da pasta: Fred Machado ; A Rua do Canal no bairro Cosme e Damião ( Av. 3) , começou numa velocidade de admirar , agora esta deste Outrubro pra cá parado com Calçada , Segunda camada de asfalto, Lombada, Sinalização . tudo isso esperando ser feito. ou pegar velocidade novamente ,tudo bem que já fez uma boa parte , mais termine!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Últimos Comentários

  1. A situação não é fácil, porém não acho que devemos condenar o rapaz com tanta violência. Quem nunca errou que…