Nova ouvidoria para atender os pernambucanos

por Carlos Britto // 05 de março de 2009 às 08:30

Uma reunião entre presidentes, dirigentes e ouvidores da Secretaria do Desenvolvimento Econômico de Pernambuco/Sdec e dos cincos órgãos vinculados – Copergás, Suape, Porto do Recife, AD Diper e JUCEPE – marcou uma nova fase no serviço de ouvidoria geral do Estado. O encontro aconteceu na sede da Sdec, na última segunda-feira, com coordenação da ouvidora central Chussy Karlla, que entre outros aspectos explicou a implementação, funcionalidade e a utilização da nova ferramenta como instrumento de gestão e relacionamento com os cidadãos.

O secretário Fernando Bezerra Coelho atentou para a importância da implementação das ouvidorias para aprimorar as ações do governo. “As ouvidorias não estão aí para cercear a liberdade de nenhuma instituição, nem invadir o espaços. Trata-se de um instrumento de cidadania da própria sociedade, no sentido de ter um espaço para formulação de críticas e sugestões para aperfeiçoar o serviço que prestamos.”

“O trabalho das ouvidorias no Governo do Estado de Pernambuco é estratégico e faz parte de um novo modelo de administração pública, que visa fazer uma gestão voltada para o cidadão, preocupada em obter resultados e valorizar as pessoas, promovendo o controle social e a participação”, explicou a ouvidora da Sdec, Chussy Karlla.

Pode-se resumir as funções principais das ouvidorias em quatro. Dentro do âmbito social: dar tratamento às manifestações dos clientes/usuários, controlando os prazos para respostas; promover o conhecimento sobre o público-alvo e o relacionamento com este, medindo a satisfação com a solução apresentada pelo órgão. Já dentro da estrutura organizacional destaca-se a possibilidade de melhoria dos processos internos e a criação de uma base de dados para a realização de levantamentos estatísticos.

No total, o sistema de ouvidoria geral de Pernambuco conta com 40 ouvidorias em funcionamento e, a partir do próximo dia 10 de março, serão 46, incluindo as seis pertencentes a SDEC. Todas funcionam em rede, utilizando um mesmo software e cumprindo um processo similar desde a recepção do questionamento do cidadão até o encaminhamento das devidas respostas.

Conheça as novas ouvidorias:

Secretaria do Desenvolvimento Econômico de Pernambuco

Ouvidora: Chussy Karlla Souza Antunes

E-mail: ouvidoria@sdec.pe.gov.br

Telefone / FAX: 3182-1777/ 3182-1778

Porto do Recife S.A

Ouvidor: Tadeu José do Rego Barros Carvalho

Franklin Freire de Aquino Bezerra

E-mail: ouvidoria@portodorecife.pe.gov.br

Telefone: 3181-1800

AD Diper

Ouvidor: Ricardo Wellington Reis Monteiro

E-mail: ouvidoria@addiper.pe.gov.br

Telefone: 3181-7333

Suape

Ouvidor: Emilio João Schuller Júnior

E-mail: ouvidoria@suape.pe.gov.br

Telefones: 3527-5070/ 3527-5097

Copergás

Ouvidor: Hubert Hirschle Filho

E-mail: ouvidoria@copergas.com.br

Telefones/ FAX: 3463-2000 e 3463-3041/ 3463-2020

JUCEPE:

Ouvidora: Fernanda Lemos Dubeux

E-mail: jucepe@jucepe.pe.gov.br

Telefone/ FAX: 3182-5200/3182-5202

Nova ouvidoria para atender os pernambucanos

  1. O Pensador disse:

    Uma ouvidoria deve preservar as fontes de informações contra revides por perseguição política, administrativa e até de ordem pessoal inclusive até de queima de arquivo. De forma que esta expressão OUVIDORIA, sendo usada como recepção de sujestões normais para a administração pública é um tanto perigosa para quem a interpreta como meio de denúncias contra determinada conduta escusa na administração pública. Eu gostaria de ver este assunto melhor discutido e esclarecido, porque, tenho certeza de que o ignorante nesta história não sou eu sozinho. Sugiro ao responsável por este Blog repassar esta questão para quem de dever esclacer a população. Ouvidoria, na minha doce ignorãncia, também significa ouvir informações fortes e que mereça atenção e o mais absoluto sigilo para preservar a fonte da informação. È claro que a Ouvidoria terá informações de todo tipo e ela precisa estar preparada para separar o joio do trigo, evitando a onda de denuncismo meramente pessoal.

  2. EU... disse:

    Esses caras ficam ouvindo o que lá? hem?

  3. ana lucia dos santos disse:

    sobre o 0800 da marcaçao de consulta do servidor,está impossível conseguir marcar, estou com os exames e desde janeiro não consigo, que droga de plano é esse? voce paga mas, não tem acesso.
    outra coisa ,essa marcaçao está sendo feita em são paulo, paulistas não conhece pernambuco e oferece consutas que não tem nada haver com o endereço da pessoa.(pessoas que moram na mata sul do estado) ser marcado para olinda isso e um disparate.
    a distância e as passagens encarece tanto a consulta que não vale a
    pena.providencias, urgente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    preciso marcar minha consulta, servidor angustiado sinonimo de prestaçao de serviço deficiente,concorda?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *