Nova audiência em Curaçá vai discutir situação do Perímetro Pedra Branca

4

Audiência CuraçáDepois da manifestação realizada no mês de fevereiro, os moradores do Perímetro Irrigado Pedra Branca agendaram para amanhã (21) uma audiência pública com representantes da Chesf e da Prefeitura de Curaçá, no Norte da Bahia.

Os reassentados querem o fim do convênio, firmado em dezembro do ano passado pelo prefeito Carlinhos Brandão e a Chesf, que desobriga a Companhia a prestar assistência no perímetro, transferindo a responsabilidade para a prefeitura. De acordo com os produtores da localidade, o convênio teria sido firmado “às escondidas”, sem consulta à população.

A audiência será realizada na Escola municipal Antônio Ribeiro dos Santos, a partir das 13h. A expectativa é de que o evento conte com a participação de um engenheiro da Chesf, do prefeito, além de deputados e vereadores. (Foto: arquivo/divulgação)

4 COMENTÁRIOS

  1. A função da Chesf é outra. A Prefeitura tem que assumir as responsabilidades. O problema é que os gestores municipais não estão acostumados a trabalhar com a participação da comunidade, no caso os agricultores. A Chesf repassou uma boa verba para a Prefeitura, aí sim os agricultores tem que fiscalizar a aplicação dessa verba e ficar a par dos acontecimentos.

  2. mais o gestor tém que dizer aó povo onde estar este dinheiro,as verbas do fundeb niguem sabe, as carnes muito pior, os trasportes ném sefala, o leite a gata comeu onde ele esta metendo estas verbas, é muito dinheiro meu povo.

  3. Infelizmente o sr° prefeito Carlinhos Brandão não está nem um pouco preocupado com o povo daquela região,e muito pior não será perseguição politica? pelo jeito que as coisas estão indo acho que pode ser. Onde será que está esse tal dinheiro? será que ele vai para o projeto pedra branca mesmo? a tabulação de água do projeto está comprometida a CODEVASF não se responsabiliza mas,e a prefeitura que tanto queria “dá assistência ao projeto” porque não investe nisso? ta na cara que ele queria se vigar deste povo que votou contra ele. Mais são anos de luta de um população sofrida que tiveram suas casas tirada e foram engados e mais umas vez estão sendo engados,isso não pode ficar assim, a população tem que ir atrás do seu direito. OU as pessoas não sabe que tem um processo na justiça onde o povo ta pedra Branca estava preste a ganhar da CHESF, não muita coincidência não? a muita coisa por trás disso pode ter certeza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome