No frio e no relento, quem cuida dessa gente desamparada?

por Carlos Britto // 12 de julho de 2019 às 06:40

Em noites e madrugadas frias como essas, a foto acima corta o coração. E tem mais gente dormindo assim por toda Petrolina. Essa cena, em especial, foi feita por este blogueiro às 6h20, quando chegava para apresentar o programa na Rural FM.

Precisamos não achar cenas como essas normais. Precisamos nos incomodar mais com irmãos jogados, abandonados ao relento e a toda sorte.

Onde estão os órgãos de atendimento social? Quem cuida desses moradores de rua ou, ao menos, os apoia? Esperamos respostas. E ações!

No frio e no relento, quem cuida dessa gente desamparada?

  1. Paulo rogerio de araujo disse:

    Amaioria dessas pessoas não tem valor nenhum para esses órgãos publicos porque eles não votam.

  2. Jussara disse:

    Verdade, Paulo Rogério. Passam por despercebidos pelos órgãos públicos pela sociedade como um todo.

  3. Sempre Atento disse:

    Estão com pena leva para casa de vocês.

  4. Juliana tais disse:

    Verdade sempre que vejo isso mim doe o coração! Se não arrumar trabalho infelizmente eu e minha família estaremos nas ruas tbm morro de medo disso acontecer pois moradores de ruas são invisíveis aos olhos da maioria da sociedade

  5. Defensor da liberdade disse:

    Aí é trabalho para as igrejas, mas a maioria está preocupada em lavar dinheiro para o tráfico.

  6. ANTONIO LUNA DE ALENCAR disse:

    Vendo esses comentários, me reporto aos anos de 1993/1994, qd fui secretário de obras de Petrolina, no primeiro mandato de FBC, onde o prefeito teve, talvez, o mais editoso trabalho em prol do desemvolvimento do município , dentre os seus 3 mandatos onde implantamos:
    – A av. Monsenhor Ângelo Sampaio;
    – O asfaltamento de todo centro da cidade;
    – Construção do Centro de Convenções;
    – Reforma do Hospital Dom Malan;
    – Implantação do River Shopping;
    – Construção dos postos de saude do José e Maria e Cohab Massangano
    – Construção de 11 creches e colégios que ñ vou aqui enumerar.
    Pra citar só as principais.
    Mas nós éramos responsabilizados, tbm entre tantas coisa, pela morte de cachorros na cidade.
    Digo, isso, pq a adm pública não pode ser responsabilizada por tudo, diante tantos problemas, como numa cidade como a nossa, cosmopolítica, assim podemos já qualifica-la.
    Mais devagar gente. É muito fácil e cômodo criticar.
    As mazelas políticas, desajuste social e econômico de um país, é parte da responsabilidade, de cada um, na construção dos seus atos. E aí está, no meio, nosso o voto.
    Todos nascemos nús, quer ricos ou pobres.

    1. Mislene Correia disse:

      Sábias palavras Sr Luna. O povo tem mania de culpar o poder público por todas as mazelas que a sociedade produz. Um exemplo : limpa-se terrenos baldios, torna-se o lixo das praças e os próprios moradores adjacentes repetem a falta de educação de sempre. Jogam lixo e outros detritos em qualquer espaço e depois criticam a prefeitura . O povo é mt pobre de cultura, educação e conhecimento. São ricos em críticas que não levam a nada.
      Pronto. Falei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.