No Dia Mundial do Meio Ambiente, Petrolina terá plantio de 7 mil mudas de espécies típicas da caatinga

0
Foto: CLAS Comunicação/divulgação

O Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado em 5 de junho, será marcado no Vale do São Francisco com o plantio de 7 mil mudas de plantas nativas da caatinga – o único bioma exclusivamente brasileiro. As mudas, doadas pela Agrovale, empresa localizada em Juazeiro (BA), serão plantadas em Petrolina (PE), às margens do Rio São Francisco, como parte do programa ‘Orla Nossa – Cidades Ribeirinhas’, da prefeitura municipal. A proposta é recuperar a área da Orla II, que vai do Círculo Militar até o último restaurante da via beira rio.

De acordo com a coordenadora de Meio Ambiente da Agrovale, Thaisi Tavares, serão plantadas mudas como o marizeiro, ingazeiro, pau ferro, paineira, ipê roxo e caraibeira. “Espécies nativas da caatinga mais adequadas para projetos de arborização, paisagismo, repovoamento e reflorestamento de áreas degradadas“, ressaltou.

A coordenadora destacou ainda que a doação é mais uma ação do projeto socioambiental ‘Viveiro de Mudas Nativas’, que completou 13 anos com a marca de 400 mil mudas doadas para 45 municípios dos Estados nordestinos da Bahia, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. A doação destas mudas vem ampliando a cobertura verde das cidades e contribuindo para uma maior conscientização e sustentabilidade ambiental da biodiversidade regional.

Viveiro

O viveiro da empresa, que é a maior produtora de açúcar, etanol e bioeletricidade e também a que mais gera empregos na Bahia, ocupa uma área de 2 hectares com mais de 70 espécies de plantas nativas do bioma. “Neste Dia Mundial do Meio Ambiente estamos fazendo o que mais gostamos: a preservação dos ecossistemas da caatinga e das matas ciliares do Rio São Francisco“, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

cinco × 5 =