No dia dedicado a Nossa Senhora Rainha dos Anjos, Apami completa 72 anos de existência

1

A Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (Apami) celebra neste sábado (15) seus 72 anos de existência, tornando-se ao longa dessa trajetória uma das instituições filantrópicas mais importantes do Interior do Nordeste, notadamente na assistência aos portadores de câncer. Entre as várias conquistas obtidas está o Hospital Dom Tomás, com sua primeira etapa concluída e em funcionamento, que se sobressai como uma das maiores já realizadas.

São cerca de 1.500 pacientes em tratamento – inclusive crianças – oriundos de 60 municípios dos estados de Pernambuco, Bahia e Piauí, abrangendo uma população em torno de 2 milhões de habitantes.

Agradecemos às inúmeras pessoas que ajudaram a construir essa história, sobremaneira aos abnegáveis cidadãos que, reunidos na antiga Sede da União dos Artífices, na data memorável de 15 de agosto de 1948, escreveram os primeiros capítulos desse acontecimento. De forma especial, homenageamos Dr. Augusto Coelho, que por décadas presidiu com zelo, amor e dedicação, a existência e missão da Apami, e seu legado representa uma história marcante de luta diária para conquistar as vitórias tão difíceis, mas que lograram tão brilhante êxito. Estimulados com tantos exemplos, e com o apoio indispensável da comunidade, temos o honroso desafio de continuar aprimorando a qualidade dos serviços bem como ampliar as ações para minorar o sofrimento de quem mais precisa. Nosso muito obrigado a você que nos ajuda a fazer o bem. Com a intercessão de Nossa Senhora Rainha dos Anjos, não nos falte a graça de Deus para nos dar força e discernimento em nossos projetos e ações”, ressalta a diretoria.

1 COMENTÁRIO

  1. É sem dúvidas uma ENTIDADE beneficente com letras maiúsculas. Vida longa a APAMI. Só uma dúvida, eu nasci na APAMI em Novembro de 1947, então as datas não estão batendo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome